acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás natural

Queima de gás diminuiu em 2006

26/02/2007 | 00h00

Desperdício foi de 5,07 milhões de metros cúbicos/dia

A queima de gás natural no país caiu em 2006, mas a produção do insumo energético manteve-se praticamente estável no período, atesta a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O desperdício de gás foi de 5,07 milhões de metros cúbicos/dia, para uma produção de 48,5 milhões de metros cúbicos/dia. O volume queimado é 26,4% inferior aos 6,8 milhões de metros cúbicos/dia registrados em 2005. Em dezembro, a queima de gás foi de 4,9 milhões de metros cúbicos/dia, subindo 16,6% em relação aos 4,2 milhões de metros cúbicos/dia do mês anterior, e 21,4% em comparação aos 4 milhões que foram constatados em igual período em 2005. O fato é que, de uma forma geral, houve significativa redução dos índices de queima de gás no ano passado. O pico, dentro de um mês, do volume de gás desperdiçado, foi de 6,6 milhões de metros cúbicos/dia, verificado em maio. Em 2005, esse recorde de gás queimado, também registrado em maio, chegou a 10,1 milhões de metros cúbicos/dia. Em 2001, a média diária de gás queimado, de acordo com a ANP, foi de 7,2 milhões de metros cúbicos. No ano seguinte, despencou para 5,9 milhões de metros cúbicos/dia, passando então para 4,5 milhões de metros cúbicos/dia em 2003. Em 2004, foi verificada nova queda, com a média diária ficando em 4 milhões de metros cúbicos, até que em 2005 pulou para 6,8 milhões de metros cúbicos.



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar