acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Quarta turbina da UTE Parnaíba I se sincroniza ao SIN

09/04/2013 | 10h24

 

A MPX Energia informa que, no dia 5 de abril, a quarta turbina da Usina Termelétrica Parnaíba I, com capacidade instalada de 169 MW, realizou a primeira sincronização com o Sistema Interligado Nacional (SIN). No dia 6 de abril, a turbina atingiu sua capacidade nominal, de 169 MW, e está operando em teste desde então. O empreendimento corresponde à primeira fase do Complexo Termelétrico Parnaíba, em Santo Antônio dos Lopes, no Maranhão.
A UTE Parnaíba I, parceria 70/30 entre a MPX e a Petra Energia, é composta por quatro turbinas a gás de 169 MW cada, totalizando uma capacidade instalada de 676 MW. Atualmente, três das quatro turbinas já estão gerando a capacidade plena, sendo remuneradas segundo os termos do Contrato de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado (CCEAR) assegurado no leilão de energia A-5 de 2008. Com a sincronização da quarta turbina, a usina atingiu sua potência nominal total de 676 MW, com consumo de gás natural equivalente a 4,4 milhões de metros cúbicos por dia.
O gás natural utilizado pela UTE Parnaíba é suprido pela empresa coligada, OGX Maranhão, uma sociedade formada entre MPX (33,3%) e OGX (66,6%).

 

A quarta turbina da Usina Termelétrica Parnaíba I, com capacidade instalada de 169 MW, realizou a primeira sincronização com o Sistema Interligado Nacional (SIN) no dia 5 de abril. No dia 6, a turbina atingiu sua capacidade nominal, de 169 MW, e está operando em teste desde então. O empreendimento da MPX Energia corresponde à primeira fase do Complexo Termelétrico Parnaíba, em Santo Antônio dos Lopes, no Maranhão.

 

A UTE Parnaíba I, parceria 70/30 entre a MPX e a Petra Energia, é composta por quatro turbinas a gás de 169 MW cada, totalizando uma capacidade instalada de 676 MW. Atualmente, três das quatro turbinas já estão gerando a capacidade plena, sendo remuneradas segundo os termos do Contrato de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado (CCEAR) assegurado no leilão de energia A-5 de 2008. Com a sincronização da quarta turbina, a usina atingiu sua potência nominal total de 676 MW, com consumo de gás natural equivalente a 4,4 milhões de metros cúbicos por dia.

 

O gás natural utilizado pela UTE Parnaíba é suprido pela empresa coligada, OGX Maranhão, uma sociedade formada entre MPX (33,3%) e OGX (66,6%).

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar