acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Evento

Quanto mais E&P, mais otimismo para a geofísica em 2005

15/12/2004 | 00h00

A expectativas de exploração nos campos adquiridos nas rodadas de licitações da Agência Nacional de Petróleo (ANP) representam perspectivas muito positivas para a atividade geofísica no ano de 2005. A afirmação foi feita pelo presidente da Sociedade Brasileira de Geofísica (SBGf), Paulo Siston, durante a festa de confraternização da entidade, realizada nesta nesta terça-feira (14/12), no Clube Militar, no Rio de Janeiro. 
Durante a festa, foram homenageados representantes de várias entidades governamentais e não-governamentais, universitárias e empresariais, que de alguma forma contrinbuíram para a Geofísica em 2004, ano que, segundo Siston, "foi considerado excelente".
O professor Alberto Figueiredo dos Santos, da Universidade Federal Fluminense (UFF), recebeu o reconhecimento pela criação do curso de graduação de Geofísica na universidade. A Agência Nacional do Petróleo (ANP) mereceu a homenagem pelo programa de de bolsas de estudo, assim como o Ministério das Minas e Energia (MME) foi homenageado pela criação do Programa de Geologia, que tem o objetivo de pesquisar e gerar novos dados geológicos sobre o país. Segundo o secretário de geologia, mineração e transformação mineral do MME, Roberto Ventura dos Santos, os dados geológicos mais recentes disponíveis no Brasil são de 1980.
No âmbito empresarial, o convênio entre a PGS e a Gaia para a criação do maior centro de processamento de dados sísmicos da América Latina mereceu o reconhecimento da entidade e a Petrobras foi homenageada pelo conjunto de seus trabalhos e por ser o maior centro de atividade geofísica no Brasil. A placa comemorativa foi destinada ao diretor de Exploração e Produção da Companhia, José Guilherme Estrella, que enviou um representante ao evento.
Os pioneiros da geofísica no Brasil, Irnack Carvalho do Amaral e Décio Savério Oddone, também foram lembrados. Um vídeo sobre os primeiros trabalhos geofísicos no Brasil foi apresentado e os filhos dos pioneiros receberam placas comemorativas.
A SBGf também informou que as inscrições para a apresentação dos trabalhos para congresso de Geofísica de 2005 estarão aberta a partir de janeiro. O congresso será realizado em setembro de 2005, em Salvador (BA).



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar