acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petróleo e Gás

QGEP anuncia perfuração de dois novos poços

12/05/2011 | 09h04
A Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP) anunciou que irá iniciar a perfuração de dois poços exploratórios ainda neste trimestre, no bloco BM-J-2, na Bacia do Jequitinhonha, em maio, e no bloco BM-S-12, na Bacia de Santos, em junho deste ano. 
 
 
A produção de gás da QGEP no primeiro trimestre foi de 167 MMm³ contra uma produção de 238,1 MMm³, no mesmo período do ano passado. A expectativa da empresa, porém, é que a capacidade total de produção seja retomada ainda no segundo semestre deste ano, com a volta da operação dos três poços, que estavam fechados para manutenção.  
 
 
Além disso, a QGEP informou que com a realização de sua oferta pública inicial de ações (IPO) em fevereiro, a empresa captou mais de R$1,5 bilhão, valor que será destinado à investigação de prospectos exploratórios do portfolio de ativos da empresa e na aquisição de novos blocos por meio da participação em rodadas de licitação da ANP e farm-ins. Em 31 de março, o caixa líquido superou R$ 1,4 bilhão. 


O fluxo de caixa de atividades operacionais atingiu R$  81,6 milhões nos primeiros três meses de 2011, já a receita líquida totalizou R$ 71,1 milhões contra R$ 90,7 milhões no mesmo período de 2010, em conseqüência da queda na produção por conta do fechamento temporário para manutenção de poços no Campo de Manati. O EBITDAX (o lucro antes de juros, impostos, depreciação, amortização e custos exploratórios) foi de R$27,9 milhões, com margem de 39%.  O EBITDAX ,  não considerando as despesas não recorrentes ,  é de 72%. Já o lucro líquido totalizou R$13,4 milhões e a margem líquida atingiu 19%. 
 

“Os resultados financeiros positivos para o período se devem à combinação dos lucros operacional e financeiro, embora a produção de gás tenha sido reduzida conforme esperado. Isto ilustra o alto nível de eficiência operacional atingido no Campo de Manati, na Bahia”, afirma José Augusto Fernandes Filho, presidente da QGEP. 


O capital adicional levantado no IPO será aplicado na exploração e desenvolvimento do portfolio atual da empresa e para  a  expansão da base de ativos por meio da possível participação na 11ª rodada de licitação para novos blocos exploratórios da Agência Nacional do Petróleo, prevista para setembro, e de farm-ins. A qualificação da QGEP como Operador “Tipo A” pela ANP   permite que a Companhia opere em águas profundas e ultraprofundas , possibilita ndo  um maior número de oportunidades  para alavancar seu crescimento. 


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar