acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Infra-estrutura

Projeto de GNL pode substituir o Gasene no curto prazo

22/11/2005 | 00h00

Devido a escassez de gás no país e urgência de energia elétrica no Nordeste, o consultor da Gas Energy, Marco Aurélio Tavares, defende a criação de um projeto de GNL (Gás Natural Liquefeito) para atender o Nordeste ao invés do Gasene. Segundo o consultor não há gás para transportar através do Gasene e o Nordeste precisa de cerca de 15 milhões de m³ por dia para atender o despacho das termelétricas locais.

O investimento em uma planta de regaseificação no Nordeste seria de cerca de US$ 300 milhões e o projeto poderia atender a região até 2010, quando se espera que as grandes reservas de gás natural de Santos e do Espírito Santo já estejam sendo produzidas.

Para o senador Rodolpho Tourinho (PFL-BA), defensor do Gasene, o projeto do GNL poderia ser realizado, mas "não se pode adiar o Gasene para depois de 2010 porque com isso o gasoduto acaba não sendo construído nunca". .

O senador defende que a Petrobras construa o Gasene o mais breve possível, embora critique a postura monopolista da companhia no transporte de gás natural. "É a Petrobras que tem que construir o Gasene porque é a única empresa que tem gás para transportar", justifica.

Durante sua apresentação no Fórum Gás Brasil, do International Businesse Communications (IBC), realizado nesta segunda-feira (22/11) o senador defendeu seu projeto de lei do gás que tramita no Senado Federal e que, segundo ele, trata principalmente de regulamentar o transporte do gás natural.

O diretor da Eletrobolt, Luiz Fernando Gutman, questiona, inclusive a necessidade de uma lei do gás neste momento. Segundo sua argumentação, a existência de uma lei não garante a criação de um mercado para o combustível e pondera que o setor do gás tem crescido cerca de 21% ao ano nos últimos cinco anos.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar