acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Prominp

Programa já qualificou 79 mil pessoas em todo país

27/10/2011 | 09h49
O consultor do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás (Prominp), Bruno Campos Machado, participou ontem (26) do seminário “Tecnologias Inovadoras - Desafios e Oportunidades”, que ocorreu no auditório da Fenac, em Novo Hamburgo (RS). A exigência de investimentos na indústria nacional tornam a área de petróleo uma das mais prósperas para novos profissionais, destacou o consultor.

Com público formado por estudantes do ensino médio, o evento teve por objetivo tratar dos desafios e oportunidades nas áreas de tecnologia, energia e desenvolvimento sustentável, no que diz respeito à inovação e qualificação tecnológica e profissional. O Plano de Negócios da Petrobras e as ações do Prominp embasaram a palestra de Machado. “Fiquem atentos, pois  já qualificamos mais de 79 mil pessoas até agora, em parceria com o Senai, escolas técnicas e faculdades, e temos previsão de realizar um novo processo seletivo em março de 2012" - salientou o consultor.

Em relação aos desafios, Machado frisou a importância de realizar ações que contemplem três pilares: uma agenda tecnológica bem definida, a destinação de recursos e uma coordenação eficaz. Citou como exemplo recente a iniciativa da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), que lançou dois editais e selecionou 38 projetos, entre os 300 inscritos, que contemplam soluções tecnológicas para os desafios oriundos das descobertas de reservas na camada do pré-sal. Para viabilizá-los, serão liberados R$ 130 milhões. A definição das linhas de financiamento tomou por base o diagnóstico do Prominp sobre os gargalos na cadeia de fornecedores do setor de petróleo e gás.

Patrocinado pela Petrobras, o seminário ocorreu em paralelo à Mostratec e ao Salão de Inovação. Na abertura do painel, Danilo Giroldo, pró-reitor de pós-graduação da Fundação Universidade Federal de Rio Grande (Furg), apresentou aos jovens o Polo Naval de Rio Grande e os projetos desenvolvidos em parceria com a Petrobras e demais empresas instaladas no local. “Estamos focando na pesquisa de desenvolvimento da inovação para trazer competitividade para a região Sul do estado”, destacou.

O painel também contou com a presença de Luiz Antonio Antoniazzi - presidente da Cientec; Oscar de Azevedo - coordenador do Comitê de Energia e Gás da Fiergs; Augusto Mendonça - presidente da Abenav; e Marcus Coester - presidente da AGDI.


Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar