acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Resultado

Produção de gás bate recorde e a de petróleo cresce em outubro

05/12/2012 | 15h51
Produção de gás bate recorde e a de petróleo cresce em outubro
Agência Petrobras Agência Petrobras

 

PRODUÇÃO DE GÁS NATURAL BATE RECORDE E A DE PETRÓLEO CRESCE 4,6% EM OUTUBRO 
A produção de petróleo em outubro cresceu cerca de 4,6% e a de gás natural cerca de 1,7% em relação  ao mês anterior. A produção média foi de aproximadamente 2.011 Mbbl/d de petróleo e de 73 MMm3/d de gás natural, totalizando 2.470 Mboe/d, um recorde na produção de gás natural, superando a de junho de 2012 (72 MMm3/d). Marlim Sul, na Bacia de Campos, foi o campo com maior produção, apresentando média de 326,8 Mboe/d. Aproximadamente 90% da produção de petróleo e 76,7% da de gás natural foram explotados de campos marítimos e cerca de 94% tem origem em campos operados pela Petrobras. 
A produção no pré-sal foi de 181,6 Mbbl/d de petróleo e 5,6 MMm3/d de gás natural, totalizando 216,7 Mboe/d, uma queda de 1,5% em relação a setembro. Ainda assim, ficou acima dos 200 Mboe/d pelo quarto mês consecutivo. Esta produção foi oriunda de 14 poços, sendo 1 localizado no campo de Jubarte, 5 no de Lula, 1 no de Marlim Leste, 1 no de Barracuda, 4 no de Baleia Azul, 1 em reservatório compartilhado pelos campos de Caratinga e Barracuda e 1 em reservatório compartilhado pelos campos de Marlim e Voador. 
A queima de gás natural foi de 4,5 MMm3/d , uma redução de 1,6% em relação a setembro. Levando-se em conta apenas as concessões em fase de produção, o aproveitamento de gás natural no mês foi de 94,3%. Do total de gás natural queimado, 92,4% é oriundo de concessões na fase de produção e 7,6% de TLDs da fase de exploração. 
A produção de petróleo e gás natural no Brasil foi oriunda de 9.027 poços, sendo 771 marítimos e 8.256 terrestres. O campo com o maior número de poços produtores foi Canto do Amaro, na bacia Potiguar, com 1.111 poços. Dos 20 maiores campos produtores de petróleo e gás natural, 2 são operados por empresas com capital majoritário estrangeiro: Peregrino / Statoil (9º) e Ostra / Shell (18º). O grau API médio do petróleo extraído em outubro foi de aproximadamente 24o, sendo 9% de óleo leve (>=31o API), 57% de óleo médio (>=22o API) e 34% de óleo pesado (<22o API). 

A produção de petróleo em outubro cresceu cerca de 4,6% e a de gás natural cerca de 1,7% em relação  ao mês anterior. A produção média foi de aproximadamente 2.011 Mbbl/d de petróleo e de 73 MMm3/d de gás natural, totalizando 2.470 Mboe/d, um recorde na produção de gás natural, superando a de junho de 2012 (72 MMm3/d). Marlim Sul, na Bacia de Campos, foi o campo com maior produção, apresentando média de 326,8 Mboe/d. Aproximadamente 90% da produção de petróleo e 76,7% da de gás natural foram explotados de campos marítimos e cerca de 94% tem origem em campos operados pela Petrobras. 


A produção no pré-sal foi de 181,6 Mbbl/d de petróleo e 5,6 MMm3/d de gás natural, totalizando 216,7 Mboe/d, uma queda de 1,5% em relação a setembro. Ainda assim, ficou acima dos 200 Mboe/d pelo quarto mês consecutivo. Esta produção foi oriunda de 14 poços, sendo 1 localizado no campo de Jubarte, 5 no de Lula, 1 no de Marlim Leste, 1 no de Barracuda, 4 no de Baleia Azul, 1 em reservatório compartilhado pelos campos de Caratinga e Barracuda e 1 em reservatório compartilhado pelos campos de Marlim e Voador. 


A queima de gás natural foi de 4,5 MMm3/d , uma redução de 1,6% em relação a setembro. Levando-se em conta apenas as concessões em fase de produção, o aproveitamento de gás natural no mês foi de 94,3%. Do total de gás natural queimado, 92,4% é oriundo de concessões na fase de produção e 7,6% de TLDs da fase de exploração. 


A produção de petróleo e gás natural no Brasil foi oriunda de 9.027 poços, sendo 771 marítimos e 8.256 terrestres. O campo com o maior número de poços produtores foi Canto do Amaro, na bacia Potiguar, com 1.111 poços. Dos 20 maiores campos produtores de petróleo e gás natural, 2 são operados por empresas com capital majoritário estrangeiro: Peregrino / Statoil (9º) e Ostra / Shell (18º). O grau API médio do petróleo extraído em outubro foi de aproximadamente 24o, sendo 9% de óleo leve (>=31o API), 57% de óleo médio (>=22o API) e 34% de óleo pesado (<22o API). 



Fonte: Redação TN
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar