acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Manutenção

Produção de aço estável em outubro

26/11/2008 | 02h43

A produção brasileira de aço bruto em outubro foi de 2,9 milhões de toneladas, com queda de 3,7% em relação a setembro e recuo de 0,1% em relação a outubro do ano passado, o que representa estabilidade. Em 2008 até outubro, a produção totalizou 29,7 milhões de toneladas, 6,5% superior a igual período do ano anterior. Os números foram informados há pouco pelo Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS).

 

A maior parte é de laminados, que são produtos siderúrgicos de maior valor que os semi-acabados. Em outubro, a produção de laminados foi de 2,3 milhões de toneladas, aumento de 2,5% em relação a setembro. A produção nos primeiros dez meses de 2008, totalizou 22 milhões de toneladas, superior em 3% sobre o mesmo período de 2007.

 

As vendas internas de laminados, em outubro, caíram 3,3% em relação a setembro para 1,85 milhões de toneladas. “Isso tem levado algumas usinas a antecipar paradas para ajustes de manutenção e, dessa forma, regular seus estoques”, diz nota do IBS.

 

No entanto, como houve forte expansão em meses anteriores, no acumulado do ano, as vendas internas de laminados atingiram 18,8 milhões de toneladas, com alta de 14,2% em relação a janeiro a outubro de 2007. Incluindo os semi-acabados, as vendas totalizaram 19,453 milhões de toneladas no período, 14,4% mais que nos dez primeiros meses de 2007. Em outubro, as vendas internas totais foram de 1,902 milhão de toneladas, 0,4% acima do mesmo mês do ano passado.

 

EXPORTAÇÕES. As vendas totais das usinas siderúrgicas para o mercado externo caíram 26,4% em outubro para 520 mil toneladas de 707 mil toneladas no mesmo mês de 2007. O IBS registrou em nota que houve “forte retração de demanda e preços do mercado internacional, que se acentuou a partir de setembro”. Com isso, o resultado acumulado no ano foi de aproximadamente 7,5 milhões de toneladas, 7,2% inferior ao de janeiro a outubro de 2007.

 

A redução das vendas externas foi mais pronunciada entre os laminados, onde o resultado de outubro, de 210 mil toneladas, ficou 22,8% abaixo do de igual mês de 2007. No acumulado do ano, as vendas externas das usinas foram de 2,8 milhões de toneladas, 22,8% menores que as dos primeiros dez meses de 2007.

 

Incluindo os semi-acabados, as vendas externas das usinas foram 33,3% menores que em setembro, quando elas chegaram a 780 mil toneladas. A produção de laminados em setembro, porém, o foi de 205 mil toneladas, inferior a de outubro. Em setembro, as vendas externas de laminados já tinham registrados quedas fortes em relação a iguais períodos de 2007 tanto no acumulado do ano, de 32,8%, quanto no mês, de 25,7%.



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar