acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Recorde

Produção da Petrobras baterá recorde pelo sétimo mês seguido

04/09/2014 | 09h38

 

Graça Foster antecipa números de agosto que devem ficar em 2,1 milhões de barris por dia.
A produção de petróleo da Petrobras fechará o mês de agosto com a quebra de novo recorde. Segundo a presidenta da estatal, Graça Foster, que antecipou ontem os números, a produção do mês passado ficará em torno de 2,1 milhões de barris por dia. Ela destacou que o crescimento de julho já havia sido um recorde e que agosto será o sétimo mês seguido de aumento.
Em julho, a produção de óleo da empresa no país foi de 2,049 milhões de barris por dia, alta de 2% sobre junho e avanço de 8,6% em relação a um ano antes.
“Nós, na Petrobras, estamos entusiasmados com o presente e completamente crédulos com o futuro próximo”, disse Graça Foster.
A empresa mantém a previsão de elevar a extração nacional em 7,5% em 2014. “A gente trabalha firme para atingir a meta de 7,5″, disse o diretor de Exploração e Produção, José Formigli. Até julho, a produção da estatal tinha aumentado 1,5% na comparação com o mesmo período de 2013.
Para atingir a meta, a estatal conectou 17 novos poços marítimos no segundo trimestre e planeja avançar em mais 33 entre julho e dezembro.
Na segunda-feira, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) informou que a produção brasileira total de petróleo e gás natural atingiu o recorde de 2,82 milhões de barris de óleo equivalente (BOE) por dia em julho. Desse total, foram 2,267 milhões de barris diários de petróleo e 87,9 milhões de metros cúbicos de gás natural.

Graça Foster antecipa números de agosto que devem ficar em 2,1 milhões de barris por dia.

A produção de petróleo da Petrobras fechará o mês de agosto com a quebra de novo recorde. Segundo a presidenta da estatal, Graça Foster, que antecipou ontem os números, a produção do mês passado ficará em torno de 2,1 milhões de barris por dia. Ela destacou que o crescimento de julho já havia sido um recorde e que agosto será o sétimo mês seguido de aumento.

Em julho, a produção de óleo da empresa no país foi de 2,049 milhões de barris por dia, alta de 2% sobre junho e avanço de 8,6% em relação a um ano antes.

“Nós, na Petrobras, estamos entusiasmados com o presente e completamente crédulos com o futuro próximo”, disse Graça Foster.

A empresa mantém a previsão de elevar a extração nacional em 7,5% em 2014. “A gente trabalha firme para atingir a meta de 7,5″, disse o diretor de Exploração e Produção, José Formigli.

Até julho, a produção da estatal tinha aumentado 1,5% na comparação com o mesmo período de 2013.

Para atingir a meta, a estatal conectou 17 novos poços marítimos no segundo trimestre e planeja avançar em mais 33 entre julho e dezembro.

Na segunda-feira, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) informou que a produção brasileira total de petróleo e gás natural atingiu o recorde de 2,82 milhões de barris de óleo equivalente (BOE) por dia em julho.

Desse total, foram 2,267 milhões de barris diários de petróleo e 87,9 milhões de metros cúbicos de gás natural.

 



Fonte: O Dia
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar