acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petróleo

Produção da Opep cresceu 70 mil b/d em maio

11/06/2007 | 00h00

Os 10 membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) que seguem os acordos de produção do grupo, produziram uma média de 26,64 milhões de barris por dia (b/d) em maio, segundo pesquisa Platts de 8 de junho. Isto representa um aumento de 70 mil b/d comparados com os 26,57 milhões b/d de abril e está acima da meta de produção estabelecida pelo grupo.

A produção total de todos os 12 membros, incluindo o Iraque, que não segue os acordos de produção da OPEP e Angola, que se uniu ao grupo no início deste ano, aumentou em 100 mil b/d para 30,29 milhões b/d do total de 30,19 milhões  b/d de abril, conforme mostra a pesquisa. Os aumentos da Argélia, Irã, Kuwait, Catar, Arábia Saudita, EAU e Angola totalizando 190 mil b/d, foram parcialmente compensados pela diminuição de 90 mil b/d na Nigéria, onde algumas produções foram retomadas enquanto outras paralisações foram iniciadas, e no Iraque.

"A boa notícia para os consumidores é que os preços mais altos parecem estar realmente estimulando, ao mesmo tempo, aumentos na produção. Porém a má notícia ainda é a continuação da situação na Nigéria, onde a produção caiu novamente, devido à continuação das atividades dos rebeldes no Delta do Rio Níger", disse John Kingston, diretor de Petróleo da Platts. "A perda de
diversas centenas de milhares de barris de produção por dia, a partir daquele país chave, dará apoio aos preços durante o futuro próximo". A média de maio de 26,64 milhões b/d para os 10 da OPEP os deixa com produção em excesso de seu objetivo de 25,8 milhões b/d, em cerca de 840 mil b/d.



Fonte: Pesquisa Platts
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar