acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Petrobras

Produção cai em função de paradas programadas

11/11/2004 | 00h00

A produção media de petróleo e LGN da Petrobras em outubro no Brasil sofreu redução 0,9% em relação à produção do mês anterior. Em outubro a empresa produziu 1, 526 milhões de barris de petróleo por dia (Mbpd) enquanto em setembro a produção chegou a 1,540 Mbpd. Segundo a companhia as paradas programadas das plataforma P-37 do campo de Marlim e do FPSO-Seillean do Campo de Jubarte afetaram negativamente o índice de produção.
O FPSO-Seillean esteve parado entre os dias 03 e 16 de outubro e a P-37 entre 19 e 22 do mesmo mês. A capacidade de produção diária do Seillean é de 7 mil barris por dia. Como o FPSO ficou parado por 13 dias, a estimativa de redução da produção é de 91 mil barris no período. A P-37 tem capacidade de produção diária de 10,3 mil barris. Ao ficar parada durante três dias resultou em um impacto negativo na produção de outubro de 30,9 mil barris.
No dia 15 de outubro, a plataforma P-26 entrou em produção no campo de Marlim. O potencial de produção de óleo deste poço é de 9,6 mil bpd e sua contribuição na média mensal de outubro foi de 4,4 mil bpd.
Internacionalmente, a produção de óleo e LGN da Petrobras foi de 172 mil barris por dia. Aumentou cerca de 3 mil barris em relação ao mês anterior. A produção total da petrobras, incluindo óleo, LGN e gás natural foi de 2,063 milhões de barris de óleo equivalente e também sofreu redução em relação ao mês anterior, quando a produção ficou em 2,075 Mboe.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar