acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Balanço

Primeiro trimestre: WEG registra lucro líquido de R$ 285 milhões

20/04/2018 | 16h26

Uma das maiores fabricantes de motores elétricos e tintas industriais, a Weg divulgou um lucro líquido de R$ 285 milhões no primeiro trimestre, alta de 10,6% em relação ao mesmo período de 2017. Essa margem foi impactada por novos negócios.

“No Brasil, o crescimento foi impulsionado pela melhora da conjuntura econômica e pela maior participação de novos negócios na receita, como por exemplo as usinas de energia solar”, declarou a empresa em comunicado.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) nos primeiros três meses de 2018 alcançou R$ 379,71 milhões, o que representa crescimento anual de 14,7%. A margem Ebitda, no entanto, recuou para 14,9%, ante 15,5% um ano antes.

Segundo a empresa, o resultado da margem veio dentro do esperado e a queda reflete os impactos da aquisição da Weg Transformers USA e o crescimento rápido dos novos negócios, como geração solar, “ainda em maturação e com característica de margens operacionais mais baixas.”

A receita operacional líquida foi de R$ 2,55 bilhões de janeiro a março, representando um crescimento de 19,6% em relação ao mesmo período de 2017. Ajustada pelos efeitos das aquisições da Weg Transformers USA e da TGM, fabricante brasileira de turbinas e transmissões, o índice mostraria crescimento de 13,8%.

A compra da TGM foi aprovada em fevereiro pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

De acordo com a Weg, o crescimento em geração, transmissão e distribuição (GTD) liderou o crescimento consolidado.

“No Brasil, a expansão em GTD é explicada pelo início do reconhecimento da receita em projetos de energia solar mais significativos”, explicou a Weg em comunicado. Já o crescimento de 24,5% mercado externo é explicado em parte pela aquisição da operação de transformadores nos EUA.

 



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar