acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Financiamento

Primeiro edital do Inova Petro aprova 31 projetos para segunda etapa

17/01/2013 | 09h55
Primeiro edital do Inova Petro aprova 31 projetos para segunda etapa
Ilustração do sistema de produção. Petrobras Ilustração do sistema de produção. Petrobras

 

Primeiro edital do Inova Petro aprova 31 projetos para segunda etapa
16/01/2013 - 19h59
Economia
Alana Gandra
Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - O  primeiro edital de chamada pública do Programa Inova Petro recebeu 62 projetos  de 38 empresas, correspondendo a pedidos de financiamento no valor de R$ 2,8 bilhões. Desse total, foram aprovados para a próxima etapa do programa 31 projetos de 20 empresas. 
Lançado no ano passado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em conjunto com a  Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Ministério da Ciência e Tecnologia, o programa visa a fomentar projetos inovadores na cadeia de fornecedores de bens e serviços do setor de petróleo e gás. O Inova Petro tem apoio técnico da Petrobras e orçamento de R$ 3 bilhões. Sua vigência é prevista até 2017.
De acordo com informação dada hoje (16) pelo BNDES, por meio de sua assessoria de imprensa,  os projetos selecionados deverão apresentar, na nova etapa,  seus planos de negócios de inovação, detalhando o desenvolvimento das tecnologias listadas no edital e vinculadas às atividades de exploração e produção offshore (em alto mar) de petróleo e gás natural na área do pré-sal.

O primeiro edital de chamada pública do Programa Inova Petro recebeu 62 projetos de 38 empresas, correspondendo a pedidos de financiamento no valor de R$ 2,8 bilhões. Desse total, foram aprovados para a próxima etapa do programa 31 projetos de 20 empresas. 


Lançado no ano passado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em conjunto com a  Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Ministério da Ciência e Tecnologia, o programa visa a fomentar projetos inovadores na cadeia de fornecedores de bens e serviços do setor de petróleo e gás. O Inova Petro tem apoio técnico da Petrobras e orçamento de R$ 3 bilhões. Sua vigência é prevista até 2017.


De acordo com informação dada ontem (16) pelo BNDES, por meio de sua assessoria de imprensa,  os projetos selecionados deverão apresentar, na nova etapa,  seus planos de negócios de inovação, detalhando o desenvolvimento das tecnologias listadas no edital e vinculadas às atividades de exploração e produção offshore (em alto mar) de petróleo e gás natural na área do pré-sal.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar