acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Retomada

Presidente Michel Temer inaugurou nesta segunda o novo Conselhão

21/11/2016 | 15h36

O presidente da República, Michel Temer, inaugurou, nesta segunda-feira (21), o novo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES). O grupo, formado por representantes da sociedade civil, vai colaborar com o desenvolvimento de políticas públicas que leve o Brasil a superar a recessão e retomar o crescimento e a geração de emprego.

Temer deu posse a 59 novos conselheiros e, com isso, renovou o conselho em quase 70%. Essas mudanças ainda tornaram o grupo mais plural ao elevar a participação feminina em 65%. O presidente frisou a importância da participação das mulheres no desenvolvimento de políticas públicas.

“A mulher exerce um papel relevantíssimo na sociedade, não apenas o papel de chefe, quase chefe da família como mãe, mas hoje o de produtora da riqueza nacional, ocupando funções empresariais, educacionais, universitárias, da mais variada ordem, todas elas importantíssimas”, afirmou.

O presidente ainda pregou o diálogo e a pacificação do País. Afirmou que um governo não se faz sozinho e que deve existir harmonia entre os poderes. Para ele, a participação da sociedade civil é determinante.

Participação da sociedade civil

Temer afirmou que os novos conselheiros passam a ser parte do governo, mesmo que sem funções definidas. “Fazem-no pela presença expressiva que todos têm na sociedade e pela possibilidade que têm de auxiliar não o governo, mas auxiliar a governar o País”, afirmou.

Durante sua fala inicial, Temer lembrou aos conselheiros que o País ainda tem muitos desafios a enfrentar, mesmo depois de medidas importantes que foram tomadas para reorganizar a economia. “Comecemos, pois, a enfrentar a realidade. Ao assumir o governo, encontrei o País imerso em uma das piores crises da nossa história”, relatou.

Diálogo e governança

O presidente ponderou que, ao assumir, cabia ao novo governo produzir uma mudança total de atitudes na relação entre o Executivo e o Legislativo. “Era necessário abandonar o isolamento do poder. Era necessário, como foi, construir pontes de entendimento, articular consensos”, afirmou.

Ele ainda explicou que a reunião do Conselhão não era apenas uma solenidade, mas sim uma reunião de trabalho. Após a posse dos novos conselheiros e da reunião inicial, no Palácio do Planalto, os conselheiros participam de um almoço com o presidente e, em seguida, se reúnem em grupos para debater ideias que levem à retomada do crescimento.

O que é o Conselhão?

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) é um colegiado composto por representantes da sociedade civil. Esse grupo tem a missão de fazer o assessoramento direto do presidente da República. É o único conselho que trata de todas as áreas de atuação do Poder Executivo.

Os conselheiros constituem um fórum qualificado para discutir políticas públicas e propor medidas que estimulem o desenvolvimento do País.



Fonte: Redação/Portal do Planalto
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar