acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Presidente da estatal apresenta Plano de Negócios na Firjan

28/08/2007 | 00h00
O presidente da Petrobras, Sergio Gabrielli, apresentou nesta segunda-feira (27), na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), o Plano Estratégico para até 2020 e o Plano de Negócios da companhia para o período 2008/2012, que prevê investimentos totais de U$ 112,4 bilhões no Brasil e no exterior.



Na abertura, o presidente do Sistema Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, destacou a importância da Petrobras na economia do país e, principalmente, na do Estado do Rio de Janeiro, que irá receber investimentos expressivos da empresa.



Os presidentes da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip), Eloi Fernández & Fernández, e do Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), João Carlos de Luca, participaram da apresentação. Ambos se mostraram entusiasmados com as metas de crescimento da Petrobras.



Gabrielli fez uma apresentação detalhada dos investimentos previstos. Para o Rio de Janeiro serão investidos o equivalente a US$ 40,52 bilhões, ou seja, 36% do total constante no Plano de Negócios da companhia para o período 2008 – 2012 será destinado a projetos no estado, entre os quais se destacam o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), o Terminal de GNL (gás natural liquefeito) da Baia de Guanabara, projetos relacionados ao Plangás e a exploração e o desenvolvimento da produção de petróleo e gás dos campos de Roncador, Marlim, Marlim Sul, Marlim Leste, Papa-Terra e Maromba.



Segundo Gabrielli, o Plano mantém as metas de crescimento da companhia e reforça os desafios nos mercados de gás natural e biocombustíveis. Do total de investimentos previsto no plano, 87% serão aplicados em projetos no Brasil e 13% no exterior. A produção total de petróleo e gás natural (Brasil e exterior) em barris equivalentes por dia será de 3.494.000, em 2012, e 4.153.000 em 2015.



“O Planejamento Estratégico 2020, que estabelece a missão, a visão, as estratégias e objetivos corporativos da companhia para o futuro, ampliou a visão da Petrobras de uma empresa líder na América Latina para uma das cinco maiores empresas integradas de energia do mundo. O Plano mantém a estratégia de expandir a atuação nos mercados de petróleo, derivados, petroquímico, gás, energia, biocombustíveis e distribuição com rentabilidade, responsabilidade social e ambiental e crescimento integrado nos países nós atuamos”, afirmou o presidente da Petrobras.



“São compromissos complexos e desafiadores, que nós estamos colocando para a Petrobras. E nós sabemos que estamos levando a cadeia produtiva de petróleo e gás a acelerar seus investimentos e sua capacidade produtiva”, disse. “Seremos rígidos com os indicadores de custos e prazos”, alertou.

Fonte: Da redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar