acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Inflação

Preço de combustíveis faz IPCA-15 subir 0,26%

25/05/2007 | 00h00

Resultado fica dentro das estimativas dos analistas do mercado

O reajuste nos preços dos combustíveis levou a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - 15 (IPCA-15) a subir 0,26% em maio, ante 0,22% em abril. O resultado veio dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro (0,22% a 0,30%) e confirmou tranqüilidade no cenário da inflação neste ano. O IPCA-15 é calculado com a mesma metodologia do IPCA - referência para as metas de inflação do governo -, diferindo-se apenas no período de coleta. No ano, o índice acumula alta de 1,88% e em 12 meses, de 2,99%.

Em maio, os combustíveis subiram 1,18% e responderam pela maior contribuição (0,06 ponto percentual) para o IPCA-15 do mês. O litro do álcool aumentou 5,3% e elevou também o preço da gasolina (0,81%), produto que tem 23% de álcool na sua composição.

IPC-S. A Fundação Getulio Vargas (FGV) anunciou os resultados regionais de inflação das medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) até 22 de maio, cuja taxa nacional completa foi anunciada na quarta-feira. Das sete capitais pesquisadas para a formação do índice, cinco registraram desaceleração de preços, na passagem do IPC-S de 15 para 22 de maio.

Os preços na cidade de São Paulo, que tem o maior peso no indicador, subiram 0,29%, ante aumento de 0,33% no IPC-S anterior. Além da capital paulista, foram registradas elevações de preços menos intensas, no período, em Porto Alegre (de 0,41% para 0,25%); Recife (de 0,28% para 0,24%); Rio de Janeiro (de 0,26% para 0,19%); e Salvador (de 0,28% para 0,11%).



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar