acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Leilão na B3

Pré-Sal Petróleo publica edital de leilão de petróleo da União programado para o dia 30/05 na B3 em São Paulo

15/05/2018 | 15h11
Pré-Sal Petróleo publica edital de leilão de petróleo da União programado para o dia 30/05 na B3 em São Paulo
Divulgação Divulgação

A Pré-Sal Petróleo, empresa responsável pela comercialização do petróleo da União, publicou nesta terça-feira, 15, o edital do leilão que realizará na bolsa de valores de São Paulo para celebrar contratos de compra e venda do petróleo da União. O edital esteve aberto para consulta desde o dia 13 de abril e recebeu 118 comentários. O leilão será realizado na B3 no dia 30 de maio, às 17h.

A principal modificação do edital diz respeito aos lotes a serem comercializados. Inicialmente, seriam vendidos contratos para a Área de Desenvolvimento de Mero (Libra) e dos campos de Sapinhoá, Lula e Tartaruga Verde. O edital definitivo excluiu a área de Tartaruga verde, uma vez que a Pré-Sal Petróleo e a Petrobras ainda não concluíram as negociações definitivas sobre volumes e participações na jazida compartilhada.

Os três contratos, com validade de um ano, serão leiloados em uma única sessão pública, podendo ser adquiridos por um único comprador ou por empresas diferentes. O vencedor irá adquirir toda a produção do respectivo campo durante um ano, remunerando a União a cada retirada de carga, de acordo com a proposta de preços ofertada no leilão, baseada no Preço de Referência do Petróleo (PRP), determinado mensalmente pela Agência Nacional de Petróleo (ANP).

Sobre os lotes

Área de Desenvolvimento de Mero

Contrato de partilha assinado em dezembro de 2013. Para o período de um ano, a produção estimada da União que será leiloada é de 1,630 milhão de barris de petróleo.

A 170 quilômetros do litoral do estado de Rio de Janeiro, a área faz parte da Bacia de Santos e é explorada por um consórcio formado pela Petrobras (operadora, com 40%), Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%) e CNOOC (10%).

Sapinhoá

Contrato de partilha assinado em 30 de janeiro de 2017. Para o período de um ano, a produção estimada da União que será leiloada é de 120 mil barris de petróleo.

A área faz parte da Bacia de Santos e é explorada por um consórcio formado pela Petrobras (operadora, com 45%), Shell (30%) e Repsol (25%). O excedente em óleo lucro é de 80%.

Lula

Contrato em regime de concessão. O campo de Lula é o principal produtor do pré-sal e está localizado na Bacia de Santos. Desde 2014 foi firmado um Acordo de Individualização da Produção (AIP) entre o consórcio e a União. Para o período de um ano, a produção estimada da União que será leiloada é de 600 mil barris de petróleo.

O campo de Lula, do consórcio BM-S-11, é operado pela Petrobras (65%), com os sócios Shell (25%) e Petrogal (10%).



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar