acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Rio Oil & Gas 2014

Pré-sal deve representar 50% da produção da Petrobras em 2018

18/09/2014 | 06h28

Atualmente, o óleo extraído desses campos equivale a 20% da produção da estatal. Para atingir a meta, a companhia pretende perfurar mais de 200 poços até 2019 e colocar em operação novas plataformas de produção, informou o gerente-executivo do Pré-Sal área de E&P da Petrobras, Carlos Tadeu Fraga, durante o almoço-palestra "Pré-sal brasileiro - o papel da tecnologia no crescimento da produção”, realizado na quarta-feira (17), na Rio Oil & Gas, no Riocentro.

 

O executivo revelou que a produção acumulada proveniente da camada pré-sal, iniciada em 2008, superou os 400 milhões de barris boe em agosto último, quando a Petrobras passou a produzir 580 mil barris/dia nesses campos. Tadeu ressaltou que os resultados foram impulsionados pelo aumento da produção proveniente da Bacia de Santos.

 

“O pré-sal na Bacia de Santos acumula protagonismos em relação à produção da total graças à entrada em operação de novos sistemas”, afirmou. E, na Bacia de Campos, a produção, na avaliação dele, “foi facilitada pela existência da infraestrutura disponível e o trabalho consistia em perfurar, completar e interligar os poços”.

 

O gerente-executivo do pré-sal da área de E&P da Petrobras destacou ainda que, desde o início das operações no pré-sa,l mais de 100 poços foram perfurados e mais 25 foram completados. A curva de aprendizado obtida nos últimos quatro anos permitiu uma redução de 60% no tempo de perfuração e de 65% no período gasto com a completação nos campos de pré-sal, contou.

 

Assessoria de Imprensa Rio Oil&Gas Expo and Conference



Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar