acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Oportunidade

Pós-doutorado em genômica e bioinformática com Bolsa da Fapesp

16/02/2018 | 10h54

Duas oportunidades de pós-doutorado, com Bolsa da FAPESP, estão disponíveis no âmbito do projeto "Contribuição de genes, genomas e elementos de transposição na interação entre plantas e microrganismos: estudo de caso em cana-de-açúcar". O prazo de inscrição termina no dia 25 de fevereiro de 2018.

Em uma das vagas, a atividade de pesquisa do candidato selecionado será realizada no Grupo de Genômica no Departamento de Genética da Escola Superior Luiz de Queiroz (Esalq) da USP. Na segunda vaga, a atividade será realizada no Centro de Cana do Instituto Agronômico, em Ribeirão Preto, no Laboratório de Biotecnologia.

A pesquisa na Esalq envolve estratégias computacionais para combinar dados "omicais" (obtidos por meio de técnicas como proteômica e metabolômica) e para dissecar genes candidatos associados à interação planta-patógeno. A posição é destinada a pesquisador com experiência computacional, que irá colaborar principalmente na análise de dados.

Os candidatos devem ter doutorado recente em Ciências em um tópico relacionado à bioinformática e genômica com experiência prévia e trabalhos publicados. Experiência anterior com fungos de cana-de-açúcar será uma vantagem.

A proposta inicial é de 24 meses e os interessados devem enviar uma mensagem à coordenadora do projeto, professora Claudia Barros Monteiro Vitorello, pelo e-mail cbmontei@usp.br, contendo em anexo curriculum vitae, uma carta de apresentação e uma carta de recomendação.

Mais informações sobre a vaga estão disponíveis em www.fapesp.br/oportunidades/1907.

A segunda vaga, no Centro de Cana do Instituto Agronômico, em Ribeirão Preto, envolve a análise genômica funcional de interações de cana-fungo. O bolsista integrará equipe que utiliza métodos experimentais para estudar a primeira camada de comunicação celular entre a planta hospedeira e microrganismos patogênicos.

Os candidatos devem ter um doutorado recente em Ciências em um tópico relacionado a interações planta-patógeno com experiência prévia e trabalhos publicados. Experiência em biologia molecular e análise genômica funcional é desejável.

A proposta inicial é de 24 meses e os candidatos devem enviar uma mensagem para a coordenadora do projeto, Silvana Creste, por e-mail (silvanacreste@gmail.com), com curriculum vitae anexado, uma carta de apresentação e uma carta de recomendação.

Mais informações sobre a vaga estão disponíveis em www.fapesp.br/oportunidades/1910.

As vagas estão abertas a brasileiros e estrangeiros. Os selecionados receberão Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.174,80 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso os bolsistas de PD residam em domicílio diferente e precisem se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderão ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.

 



Fonte: Redação/Assessoria Fapesp
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar