acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petroquímica

Polo Petroquímico fará simulado de emergência com evasão de funcionários

07/12/2017 | 19h57

O Comitê de Fomento Industrial do Polo do Grande ABC (COFIP ABC) realizará simulado de emergência com evasão de funcionários no dia 12 de dezembro, a partir das 9h, em Mauá, SP. Este será o primeiro treinamento de segurança realizado pela entidade, cujo objetivo principal é aprimorar a capacitação de profissionais para atuação em eventuais situações de emergência.

Com o envolvimento de cerca de 2 mil funcionários, as empresas Air Liquide, Bandeirante Química, Braskem, Cabot, Chevron Oronite, Oxiteno, quantiQ, Ultragaz e Vitopel estarão à frente do treinamento, que passará a ser realizado anualmente. “A ação representa o primeiro passo para a implantação do Plano de Emergência para a Comunidade e do Plano de Contingência do Polo, previstos para 2018”, adianta Francisco Ruiz, gerente executivo do COFIP ABC.

A ação terá início na empresa Oxiteno, que disparará um alerta de emergência ao simular um acidente com vazamento de produto. Em seguida, o Plano de Auxilio Mútuo de Capuava (PAM Capuava) será acionado e, junto ao Corpo de Bombeiros e à Defesa Civil, com cerca de 30 viaturas, seguirá para o combate à emergência, juntando-se à equipe interna de Brigada de Emergência da Oxiteno. Paralelamente, os funcionários das empresas participantes seguirão para um ponto de encontro externo, que ficará no estacionamento da Vitopel, ou para um ponto de encontro interno em sua respectiva organização. Visando a realização segura do exercício, haverá bloqueio da avenida Ayrton Senna da Silva no trecho entre o Rodoanel e a rua Oscarito (esquina com a rua Miguel Couto).

O treinamento de segurança também contará com a participação da Petrobras, por meio da Refinaria de Capuava (RECAP), e o apoio dos departamentos de Defesa Civil de Mauá, Santo André e São Paulo, Consórcio Intermunicipal Grande ABC – Subcomissãode Riscos Tecnológicos, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), Guarda Civil Metropolitana, 8º Grupamento do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Prefeitura de Mauá, Prefeitura de Santo André e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Sobre o Polo Industrial

O Polo do Grande ABC é formado por diversas empresas que atuam na extensa cadeia produtiva do setor, incluindo desde refinaria de petróleo até engarrafadoras de gás. Por ser uma indústria de base, a petroquímica é considerada a primeira geração da indústria química e elo inicial de diversos segmentos de mercado, como plástico, borracha, tintas e vernizes, higiene e limpeza, entre outros. Dentro desta cadeia, o Polo Petroquímico tem grande influência no desenvolvimento econômico e social da região, com geração de aproximadamente 10 mil empregos diretos e indiretos, além de proporcionar um VAF (Valor Adicionado Fiscal) superior a R$ 2 bilhões por ano aos municípios da região, segundo estudo realizado, em 2014, pela consultoria especializada MaxiQuim.

Sobre o COFIP ABC

O COFIP ABC – Comitê de Fomento Industrial do Polo do Grande ABC – é uma entidade criada em 2015 com o propósito de gerar sinergia entre as indústrias, o poder público e a comunidade, em prol do desenvolvimento sustentável da região do Grande ABC/SP. A instituição representa suas associadas em áreas específicas, ao promover ações positivas e identificar oportunidades por meio de grupos técnicos. Atualmente o Comitê possui 11 empresas associadas: Air Liquide, AkzoNobel, Aquapolo, Bandeirante Química, Braskem, Cabot, Chevron Oronite, Oxiteno, quantiQ, Ultragaz e Vitopel, e o Plano de Auxílio Mútuo – PAM Capuava – que é um departamento da instituição. Acesse www.cofipabc.com.br



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar