acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Polo Petroquímico de Triunfo comemora 30 anos de operação

06/12/2012 | 11h55
Polo Petroquímico de Triunfo comemora 30 anos de operação
Divulgação Braskem Divulgação Braskem

 

Polo Petroquímico de Triunfo comemora 30 anos de operação
O Polo Petroquímico de Triunfo comemorou ontem (5), 30 anos da especificação do eteno em sua central de matérias-primas. Foi a partir da data que esta matéria-prima, uma das mais importantes para a elaboração do plástico, ficou pronta para ser produzida dentro dos padrões exigidos pelo mercado, dando início oficial ao ingresso do Polo Petroquímico no mapa produtivo e econômico do RS. O feito ocorreu 13 dias após a partida da planta da atual unidade de petroquímicos básicos da Braskem, o que foi considerado na época um recorde mundial.
Passadas três décadas, o Polo permanece como um importante gerador de riqueza para o Estado. As seis empresas lá instaladas - Braskem, Innova, Lanxess, Oxiteno, Boreallis e White Martins -, geram mais de seis mil empregos diretos e indiretos, faturamento de cerca de R$ 14 bilhões e arrecadação de impostos de R$ 1,4 bilhão. É lá que são produzidas as resinas termoplásticas, suprindo várias cadeias da indústria nacional automotiva, automobilística, alimentos, eletrodomésticos, entre outras na produção dos mais variados tipos de produto que fazem parte do cotidiano das pessoas.

O Polo Petroquímico de Triunfo comemorou ontem (5), 30 anos da especificação do eteno em sua central de matérias-primas. Foi a partir da data que esta matéria-prima, uma das mais importantes para a elaboração do plástico, ficou pronta para ser produzida dentro dos padrões exigidos pelo mercado, dando início oficial ao ingresso do Polo Petroquímico no mapa produtivo e econômico do RS. O feito ocorreu 13 dias após a partida da planta da atual unidade de petroquímicos básicos da Braskem, o que foi considerado na época um recorde mundial.


Passadas três décadas, o Polo permanece como um importante gerador de riqueza para o Estado. As seis empresas lá instaladas - Braskem, Innova, Lanxess, Oxiteno, Boreallis e White Martins -, geram mais de seis mil empregos diretos e indiretos, faturamento de cerca de R$ 14 bilhões e arrecadação de impostos de R$ 1,4 bilhão. É lá que são produzidas as resinas termoplásticas, suprindo várias cadeias da indústria nacional automotiva, automobilística, alimentos, eletrodomésticos, entre outras na produção dos mais variados tipos de produto que fazem parte do cotidiano das pessoas.



Fonte: Redação TN
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar