acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Bolívia

Plano para dobrar reservas de gás natural

29/08/2008 | 04h58

A Bolívia pretende dobrar em quatro anos suas atuais reservas de gás natural, de quase 50 bilhões de pés cúbicos, segundo um ambicioso plano revelado na quarta-feira (27) pela petroleira estatal YPFB.

 

A Bolívia pretende dobrar em quatro anos suas atuais reservas de gás natural, de quase 50 bilhões de pés cúbicos, segundo um ambicioso plano revelado na quarta-feira pela petroleira estatal YPFB.

 

Detalhes do chamado "Plano 100" serão apresentados formalmente nas próximas semanas, mas são previstos investimentos de 1 bilhão a 1,5 bilhão de dólares anuais, disse o presidente da YPFB, Santos Ramírez, em um pronunciamento divulgado por sua assessoria de imprensa.

 

Depois da Venezuela, a Bolívia detém atualmente a segunda maior reserva de gás da América do sul, com 48,7 bilhões de pés cúbicos segundo a última contagem oficial. Mas o país enfrenta dificuldades para aumentar sua produção e cumprir os compromissos de exportação para Argentina e Brasil.

 

Ramírez disse que o Plano 100 se apoiará em investimentos diretos da YPFB e de outras multinacionais que já operam no país, entre elas a Petrobras, a espanhola Repsol-YPF, a francesa Total e a britânica British Gas.

 

A essas companhias se somariam a venezuelana PDVSA e empresas de Rússia, Irã e China, com as quais se negociam acordos.

 

"O Plano 100 significa sacar do subsolo mais de 50 bilhões de pés cúbicos, e 2009 deve ser o ano dos investimentos, pelo compromisso que temos com a empresa e com o país", disse Ramírez.

 

Ele acrescentou que o plano será complementado com projetos de curto prazo para incrementar a produção em campos operados por parceiros internacionais.



Fonte: O Globo Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar