acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Capacitação

Plano de qualificação do Prominp prorroga incrições para 21 de junho

14/06/2006 | 00h00

Estão prorrogadas até 21 de junho as inscrições no primeiro ciclo de seleção pública do Plano Nacional de Qualificação Profissional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás (Prominp). O objetivo do palno é o treinamento em categorias de níveis básico, médio e técnico de nível médio nas áreas de petróleo e gás.
 
O primeiro ciclo de seleção pública do Plano de Qualificação Profissional oferecerá 11.040 vagas, sendo 6.990 de níveis básico, médio e técnico de nível médio, e as restantes 4.050 de nível superior. Nos quatro ciclos do plano, serão selecionados cerca de 70 mil profissionais via concurso público. 
 
Para facilitar a inscrição nos cursos do Prominp, foi eliminada a exigência de experiência profissional prévia em oito categorias profissionais, sendo cinco de nível médio (Desenhista Projetista de Civil, Eletricista Força e Controle, Eletricista Montador, Instrumentista Montador e Instrumentista Sistema) e três de nível técnico (Desenhista Projetista de Arquitetura Naval, Desenhista Projetista de Equipamento de Embarcação e Desenhista Projetista de Estrutura Naval).
 
Além das categorias acima, o Prominp oferece mais 15 cursos que não exigem experiência profissional prévia, sendo quatro de nível básico (Operador de Trator, Pintor, Lixador e Montador), e 11 de nível médio (Apoio Administrativo, Desenhista Projetista de Arquitetura, Desenhista Projetista de Automação, Desenhista Projetista de Civil - Estrutura Metálica, Desenhista, Projetista de Elétrica, Desenhista Projetista de Instrumentação, Desenhista Projetista de Mecânica - Rotativos, Desenhista Projetista de Tubulação, Profissional de Qualidade, Profissional de Planejamento e Desenhista Projetista de Telecomunicação).
 
No caso dos cursos de nível médio - com exceção de Apoio Administrativo, a não exigência de experiência profissional vale apenas para candidatos com formação técnica completa.
 
O edital para seleção de profissionais de nível superior será publicado no dia 20 de junho, e oferecerá 4.050 vagas. As inscrições poderão ser feitas diretamente pelo Portal de Qualificação do Prominp (www.prominp.com.br) ou nos Correios.

DETALHES DO PLANO – O Plano Nacional de Qualificação Profissional do Prominp visa o treinamento gratuito de cerca de 70 mil profissionais de nível básico, médio, técnico de nível médio e superior, nos próximos dois anos, em 150 categorias consideradas críticas para o setor de petróleo e gás. Estão previstos 750 cursos e 5.400 turmas em 17 estados da Federação, envolvendo mais de 50 instituições de ensino em todo país. A operacionalização dos contratos será feita pela Abemi (Associação Brasileira de Engenharia Industrial), que é a entidade-âncora do Plano.

Do total de vagas oferecidas, metade será ocupada por profissionais indicados pelas empresas do setor de petróleo e gás, e a outra metade por alunos "públicos" que se inscreverão por conta própria. Para os candidatos que estiverem fora do mercado de trabalho, além do curso gratuito será oferecida uma ajuda de custo. No caso do aluno-empresa, o Prominp irá custear metade do valor do curso, ficando a outra metade a cargo da empresa que fizer a indicação.

O Plano de Qualificação será implantado nos próximos dois anos, em quatro ciclos semestrais, sendo que para cada ciclo haverá uma seleção pública para identificar os candidatos que participarão dos cursos no semestre subseqüente. Neste 1º ciclo, serão selecionados 11.040 mil profissionais em dez estados brasileiros.
 
Os estados e regiões contemplados nos quatro ciclos são: Alagoas (Maceió); Amazonas (Coari e Manaus); Bahia (Salvador); Ceará (Fortaleza); Espírito Santo (Vitória e Linhares); Mato Grosso do Sul (Três Lagoas); Minas Gerais (Belo Horizonte); Paraíba (João Pessoa); Paraná (Curitiba); Pernambuco (Recife); Rio de Janeiro (Rio de Janeiro); Rio Grande do Norte (Mossoró); Rio Grande do Sul (Porto Alegre e Rio Grande); Rondônia (Porto Velho), Santa Catarina (Itajaí), São Paulo (Paulínia, Santos, São José dos Campos e região metropolitana de São Paulo), e Sergipe (Aracaju).



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar