acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
PIB

Planejamento prevê recessão menor para 2016

25/07/2016 | 11h29

O Ministério do Planejamento passou a prever uma recessão menos intensa em 2016. Segundo o Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias, divulga nesta sexta-feira (22), o Produto Interno Bruto (PIB) deve recuar 3,1%. A previsão anterior era uma queda de 3,8%.

Essa mudança, na prática, significa que o País terá um PIB nominal maior que o previsto anteriormente. Até o relatório de maio, a expectativa era de que a soma das riquezas do País produzida em 2016 ficaria em R$ 6,19 trilhões. Agora, esse valor subiu para R$ 6,25 trilhões.

Ainda assim, esse valor é menor que o registrado em 2015 e o governo trabalha para diminuir os efeitos dessa crise sobre a população. Medidas como a que cria limites para a expansão dos gastos públicos tem objetivo de reorganizar a economia e fazer o País voltar a crescer.

Em comparação com os dados do último Relatório, registrou-se, ainda, aceleração da projeção da taxa de crescimento da massa salarial. Antes, esperava-se que a massa de salários do País crescesse 2,4%, agora, a expectativa é de alta de 3,3%.

Realismo Fiscal

O documento ainda relata que para evitar um novo contingenciamento do Orçamento, o governo optou por usar R$ 16,5 bilhões do espaço fiscal que havia estabelecido para o caso de precisar absorver riscos fiscais.

Esses riscos que precisaram ser absorvidos foram a frustração de R$ 10,77 bilhões em receitas, os repasses para o Rio de Janeiro, além de despesas maiores com Benefícios da Previdência Social e com Pessoal e Encargos Sociais.

Mesmo com essas frustrações de receitas e a necessidade de absorver alguns riscos fiscais, o governo avalia que a meta de resultado primário (déficit de no máximo R$ 170,5 bilhões) para 2016 será cumprida.



Fonte: Portal Brasil/MP/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar