acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Operação Águas Profundas

PF desarticula quadrilha que fraudava licitações da Petrobras

10/07/2007 | 00h00
De acordo com o MPF, a operação é resultado de um trabalho de investigação conjunta desenvolvido com a auditoria da Petrobras, “o que possibilitou identificar da quadrilha que praticava crimes tributários e que, após a conclusão da ação fiscal por parte da Receita Federal, poderá responder também pelo crime de sonegação fiscal", divulgou a Agência Brasil em seu site. Segundo o MP, funcionários da Petrobras recebiam propinas das empresas em troca de informações privilegiadas sobre os processos de licitação de construção e reforma de plataformas marítimas da estatal. O esquema teria benefiado as empresas Angraporto Offshore, Mauá Jurong e Iesa. Em nota oficial divulgada agora à tarde, a Petrobras informou que todos os empregados envolvidos com a quadrilha que vinha fraudando licitações foram afastados. A nota diz também que a empresa deu todo apoio à operação policial durante as investigações. A nota esclarece que a estatal ainda não havia tomado nenhuma atitude a pedido da Procuradoria da República no Estado do Rio de Janeiro, "para não prejudicar as investigações”, e assegura que a empresa não medirá esforços para colaborar com as autoridades. , ,, ,

Fonte: Da redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar