acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Logística

Petros estuda parceria com Petrobras

18/11/2008 | 03h22

O presidente da Petros, Wagner Pinheiro, revelou hoje que a fundação estuda entrar em parceira com a Petrobras em investimentos em logística, inclusive no segmento de estaleiros. Segundo ele, o fundo de pensão pode entrar diretamente ou por meio de seus Fundos de Investimento em Participação (FIP). Sem citar um projeto específico, o presidente ressaltou que em momento de crise quem tem liquidez, como é o caso das fundações, vai ganhar dinheiro.

 

A Petros vem aproveitando a forte queda das ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) para elevar sua fatia do patrimônio aplicado em renda variável. "É um momento de oportunidades para quem tem liquidez. Por serem investidores de longo prazo, os fundos de pensão têm uma lógica diferente de uma mesa de operação de banco", disse. Desde que a crise se agravou a em outubro, a Petros já aumentou sua fatia em ações do setor de energia elétrica, em Petrobras, Vale e Lupatech. O destino foi principalmente a carteira de renda variável do plano Petros II, aberto em 2006 para agregar os novos funcionários da estatal de petróleo brasileira.

 

"Acredito que 2009 não vai ser tão bom como este ano, mas, também não será tão ruim como estão pintando", previu o executivo, que participou do lançamento do Manual da Previ de Participação em Assembléia de Acionistas. Segundo ele, o importante é que esse período de forte volatilidade nos mercados financeiros passe para que se possa ter uma visão mais clara sobre o tamanho da crise e, com isso, o crédito volte a fluir. "Somos compradores em bolsa. Temos liquidez para suportar esse momento e aproveitar as oportunidades", concluiu.



Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar