acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petroquímica

Petroquisa gera racha político

27/04/2006 | 00h00

A provável ida de Maria das Graças Foster para a presidência da Petrobras Distribuidora (BR), no lugar de Luiz Rodolfo Landim Machado, deu início a uma guerra de foice, dentro e fora da estatal, pela ocupação da presidência da Petrobras Química S.A. (Petroquisa). Diante do descarte de Djalma Rodrigues, hoje na superintendência da subsidiária petroquímica petroleira, o executivo José Lima de Andrade Neto, atual gerente executivo de Novos Negócios da Petrobras, ganha força como o provável contemplado.

O nome de Andrade Neto tem o crivo de Paulo Roberto Costa, diretor de Abastecimento da Petrobras, e da ala da empresa refratária à ocupação do posto por apadrinhados políticos. Embora tenha relacionamento com Graça, com quem já trabalhou na antiga Gaspetro – subsidiária da Petrobras responsável pelos ativos de gás – Rodrigues tem o nome vinculado ao senador José Sarney (PMDB-AM) e a diversos políticos nordestino.



Fonte: Jornal do Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar