acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preços

Petróleo sobe moderadamente, mas aguarda estoques de derivados do DoE

20/07/2016 | 15h39

Os futuros de petróleo operam com leve viés de alta nos negócios da manhã, mas continuam pressionados por preocupações com o avanço nos estoques de derivados da commodity.

Ontem à tarde, a associação de refinarias conhecida como American Petroleum Institute (API) divulgou números mistos dos estoques dos EUA. O API estima que o volume de petróleo bruto estocado nos EUA caiu 2,3 milhões de barris na semana passada e que houve queda também nos estoques de destilados, de 500 mil barris. Por outro lado, o API calcula que os estoques de gasolina avançaram 800 mil barris.

No fim desta manhã, os investidores vão acompanhar de perto a pesquisa oficial sobre estoques dos EUA, divulgada pelo Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) norte-americano. Analistas preveem que o levantamento do DoE mostrará redução de 1,7 milhão de barris nos estoques de petróleo bruto da última semana e ligeiro declínio nos estoques de gasolina, de 100 mil barris. O relatório do DoE sai às 11h30 (de Brasília).

"Visto que a atenção nos últimos dias tem focado mais o excesso de oferta de produtos derivados de petróleo, será quase mais importante verificar as mudanças nos níveis de estoques de gasolina e destilados", comentou o Commerzbank, em nota a clientes.

Às 8h06 (de Brasília), o petróleo tipo Brent para setembro avançava 0,32% na IntercontinentalExchange (ICE), a US$ 46,81 por barril, enquanto o WTI para o mesmo mês subia 0,09% na New York Mercantile Exchange (Nymex), a US$ 45,49 por barril. Por outro lado, o WTI para agosto, que vence no fim da sessão de hoje, recuava 0,07%, a US$ 44,62 por barril.



Fonte: Dow Jones Newswires, 20/07/2016
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar