acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Preços

Petróleo sobe devido a preocupações com estoque e Rússia fará licitação da Yukos

22/11/2004 | 00h00

O petróleo fechou em alta na sexta-feira (19/11). O tipo WTI, comercializado na Bolsa de Nova York, ficou perto dos US$ 49 por barril, em um movimento de compra antes da expiração do contrato com entrega para dezembro e por conta de preocupações com os estoques de óleo para aquecimento, a poucas semanas do início do inverno.
O contrato para entrega em dezembro, que expirou na sexta-feira, terminou o dia em alta de US$ 2,68, a US$ 48,90 por barril, valor mais alto da sessão. Em Londres, o petróleo tipo Brent fechou em alta de mais de US$ 2, cotado a US$ 44,90 o barril.
A Rússia informou na sexta-feira que fará uma licitação para vender o controle da principal divisão da Yukos, a maior exportadora de petróleo do país. O preço inicial definido para o leilão é de US$ 8,6 bilhões e o dinheiro será utilizado para quitar a dívida da empresa referente a impostos atrasados. A venda, promovida pelo governo russo, pode levar a Yukos à falência.
A disputa a respeito de mais de US$ 14 bilhões em impostos atrasados e multas, que já dura 16 meses, interrompeu as exportações de petróleo da Rússia, a maior fornecedora da Europa.
O preço inicial da OAO Yuganskneftegaz - pouco menos que a metade do que foi definido em uma avaliação recebida pelo governo - não cobrirá o total da dívida fiscal da empresa. Por isso, é provável que outros ativos da Yukos também tenham que ser vendidos, disseram investidores.



Fonte: Valor Econômico/ag.
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar