acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preços

Petróleo sobe, de olho em impacto de furacões nos EUA e à espera da Opep

12/09/2017 | 09h47

Os futuros de petróleo operam em alta nesta manhã, após mostrarem volatilidade mais cedo, com investidores ainda avaliando os impactos dos furacões Harvey e Irma nos EUA e aguardando relatório mensal da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) sobre o mercado da commodity.

Às 8h31 (de Brasília), o barril do petróleo tipo Brent para novembro subia 0,54% na IntercontinentalExchange (ICE), a US$ 54,13, enquanto o do WTI para outubro avançava 0,37% na New York Mercantile Exchange (Nymex), a US$ 48,25.

Na avaliação da S&P Global Platts, refinarias nos EUA que pararam na esteira do Harvey poderão ir direto para o período de manutenção do outono americano, em vez de retomarem operações somente para suspendê-las de novo logo em seguida.

Já os estragos da tempestade tropical Irma, que atingiu o Estado americano da Flórida na forma de furacão no fim de semana, ainda são incertos. Ontem, a tempestade deixou a Flórida e chegou à Geórgia.

Logo mais, às 8h40 (de Brasília), a Opep divulga sua avaliação mensal do mercado de petróleo. Investidores ficarão particularmente atentos à produção do grupo.

Por um acordo assinado no fim do ano passado e renovado em maio, a Opep e dez grandes produtores que não pertencem ao cartel vêm tentando reduzir sua oferta combinada em cerca de 1,8 milhão de barris por dia. A princípio, o pacto vigora até março de 2018, mas há rumores de que poderá ser prorrogado mais uma vez.



Fonte: Dow Jones Newswires, 12/09/2017
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar