acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preços

Petróleo sobe, apoiado por perspectiva do FMI para forte crescimento global

24/01/2018 | 09h41

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta nesta terça-feira, 23, apoiados pela perspectiva do Fundo Monetário Internacional (FMI) de maior crescimento econômico global.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o WTI para março fechou em alta de 1,42%, a US$ 64,47 por barril. Já na Intercontinental Exchange (ICE), o barril do Brent para o mesmo mês subiu 1,35%, a US$ 69,96. Com isso, o WTI alcançou o maior nível de fechamento em mais de três anos.

"Tudo está tocando conforme a música dos touros", disse o vice-presidente sênior da Herbert J. Sims, que supervisiona uma mesa de energia. Os esforços da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para restringir a produção ajudaram a resolver o excesso de oferta e o grupo fala sobre ampliar sua cooperação além deste ano, como indicou a Arábia Saudita.

Além disso, a economia global parece continuar a escalada neste ano, dando prosseguimento à tendência vista em 2017, quando os países de todo o mundo começaram a crescer em sincronia. O movimento do petróleo ocorreu um dia depois que o FMI elevou suas previsões para o crescimento econômico global, o que poderia ampliar o aumento da demanda por petróleo. De acordo com o fundo, a economia global deve crescer 3,9% neste e no próximo ano, um aumento de 0,2 ponto porcentual em relação à estimativa anterior.

"Não é um pensamento exagerado esperar que a demanda global por petróleo e o crescimento desse sigam essa tendência", disse o analista da corretora PVM Oil Associates, Tamas Varga. Para os estrategistas do Commerzbank, "a revisão das expectativas do FMI está gerando um impulso. Isso melhora as já consideravelmente altas expectativas de demanda no mercado de petróleo".

 

 



Fonte: Dow Jones Newswires, 24/01/2018
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar