acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Petróleo mais barato traz altas às bolsas americanas

31/03/2005 | 00h00

As bolsas dos Estados Unidos e da Europa mostraram resultados bem diferentes nesta quarta-feira (30/03). O dia foi de altas acentuadas nos pregões americanos, e de baixas nos europeus.
As bolsas americanas foram impulsionadas especialmente pelo recuo dos preços do petróleo. O Dow Jones, principal indicador da Bolsa de Nova York, ganhou 1,30% e fechou em 10.541 pontos. O Standard & Poor´s 500 avançou 1,38%, para 1.181 pontos. O Nasdaq Composto, índice das ações do setor de tecnologia, foi o que mais subiu: 1,61%, a 2.005 pontos.
Entre as maiores altas do dia, as ações da Micron, terceira maior fabricante mundial de chips, subiram 3,56% após a empresa informar lucros trimestrais que reverteram as perdas apuradas no ano anterior.
As cotações do petróleo fecharam em queda, a US$ 53,95 por barril, respondendo à forte elevação das reservas dos EUA na semana passada.
O dia foi de perdas nas bolsas da Europa. As ações do ABN AMRO estiveram à frente das quedas, exibindo depreciação de 4,7%. Investidores prevêem que os lucros do banco holandês serão afetados pela oferta de US$ 6,3 bilhões de dólares para comprar o italiano Antonveneta. O ABN também deverá emitir papéis para ajudar a bancar a proposta e executará uma reestruturação de US$ 160 milhões.
O recuo nos preços do petróleo ajudaram a conter as perdas do dia, mas grupos do setor petrolífero pesaram sobre o mercado. Ações da BP tiveram queda de 1,6% e as da Total, de 0,9%.
Na Bolsa de Londres, o índice FTSE-100 recuou 0,37%, para 4.900 pontos. No pregão de Frankfurt, o DAX exibiu ligeira baixa de 0,10%, a 4.347 pontos. O CAC-40, de Paris, desceu 0,42%, a 4.064 pontos.



Fonte: Valor Econômico/Ag.
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar