acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Estatísticas

Petróleo futuro

30/06/2010 | 08h49

Do mais recente relatório do Sindicato Nacional da Construção Naval (Sinaval): "O desafio no segmento de exploração e produção de petróleo é de aumentar a produção mundial em 22 milhões de barris/dia até 2030.

Agências internacionais (US Department of Energy - DOE) e IEA (International Energy Agency) consideram que o consumo mundial de petróleo vai aumentar dos atuais 85 milhões de barris/dia para 106,6 milhões de barris/dia, em 2030. O petróleo deverá atingir o preço de US$ 100 o barril em 2013, permanecendo este valor até 2030. A maior parte do aumento do consumo virá da China e da Índia e a maior parte do aumento da produção, cerca de 13 milhões de barris/dia, virá de países que não fazem parte da Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep). Cerca de 8 milhões de barris/dia serão produzidos adicionalmente nos Estados Unidos e no Brasil (4 milhões de barris/dia cada um)".

É temerário dizer-se que o preço do petróleo ficará em US$ 100 de 2013 a 2030 - nem Barack Obama pode ter certeza disso. Outro dado intrigante é ver-se que o acréscimo de produção dos Estados Unidos será igual ao do Brasil, embora o pré-sal seja mais badalado do que as iniciativas dos ianques.

 

Fonte: Monitor Mercantil/Sérgio Barreto Motta

 



Fonte: Monitor Mercantil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar