acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Cotação

Petróleo em Londres atinge novo recorde desde 2008

14/02/2011 | 16h38
As cotações do petróleo estão a subir, impulsionadas por novos dados da China e pelas incertezas no Médio Oriente e possíveis cortes da oferta na Europa. O diferencial entre o Brent e o WTI continua em máximos de sempre.


O crude está a negociar em alta nos mercados internacionais, sustentado pelo aumento das exportações chinesas e pelo clima de tensão nas regiões produtoras do Médio Oriente.


Na bolsa de Nova Iorque, o crude de referência (WTI) para entrega em Março avança 0,48% para 85,99 dólares por barril.


Em Londres, o contrato de Abril do Brent do Mar do Norte, “benchmark” para a Europa, dispara 2,68% para 103,65 dólares – actualmente o máximo deste ano e no valor mais alto desde Setembro de 2008. O contrato de Março venceu na passada sexta-feira.


O diferencial entre o WTI e o Brent continua a assim marcar sucessivos máximos históricos. Nunca o Brent teve um "spread" tão elevado face ao seu congénere dos EUA. Isto porque se receia que possa haver uma redução da oferta europeia.


“Os receios em torno do Médio Oriente e de potenciais problemas de produção no Mar do Norte estão a impulsionar o Brent em relação ao WTI”, comentou à Bloomberg o vice-presidente da empresa de estudos de mercado PFGBest, Phil Flynn.


Na semana passada, um analista da Mirae Asset Securities, Gordon Kwan, referiu à agência noticiosa que estava mais “bearish” para o WTI devido ao forte aumento das reservas de crude nos EUA.


Apesar de os inventários de petróleo em Cushing (Oklahoma), que é o ponto de entrega do WTI, terem diminuído em 927 mil barris para 37,4 milhões, na semana terminada a 4 de Fevereiro, os “stocks” totais de crude norte-americano subiram – depois de no final de Janeiro terem também disparado para o mais alto nível desde que o Departamento da Energia começou a compilar estes dados (em 2004). Este aumento tem pressionado mais o West Texas Intermediate.


Fonte: Redação/ Agências
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar