acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Finanças

Petróleo e siderúrgicas derrubam bolsas americanas

14/10/2004 | 00h00

As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam ontem em baixa, afetadas pelo salto nos preços do petróleo e pelas vendas de ações de empresas siderúrgicas, que estão sendo prejudicadas pelo alto custo com matérias-primas. O índice Dow Jones fechou com leve queda de 0,74%, a 10.002 pontos. Durante a sessão, o indicador havia caído abaixo desse piso e chegou a perder 1%. O Standard & Poor´s 500 desvalorizou-se em 0,73%, para 1.113 pontos, e o Nasdaq recuou 0,24%, para 1.920 pontos. Entre as ações que mais caíram está a da produtora de alumínio Alcoa, que perdeu 3,01%, acompanhando a queda do setor.

Na Europa, o recuo dos preços do petróleo e boas notícias das companhias de tecnologia Intel e ASML ajudaram a maioria das bolsas a interromper ontem a série de perdas registradas nas últimas cinco sessões. Em Londres, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,28%, a 4.634 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX ganhou 0,24%, a 3.976 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 teve oscilação negativa de 0,06%, para 8.296 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 subiu 0,15% e fechou a 3.694 pontos. Em Milão, o índice Mibtel encerrou com alta de 0,24%, a 21.503 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 ganhou 0,63%, fechando a 7.471 pontos.



Fonte: Valor Econômico/Ag
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar