acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Petróleo caro e euro forte causam baixas pesadas às bolsas

23/02/2005 | 00h00

O barril de petróleo foi cotado ontem acima dos US$ 51, o preço mais alto desde novembro, e esse movimento derrubou as bolsas em ambos os lados do Atlântico. O dia também foi marcado por uma nova e forte desvalorização do dólar diante das principais moedas do mundo, ajudando a pressionar os mercados acionários para baixo.
Nos Estados Unidos, o dia foi de baixas pesadas. O Dow Jones, principal indicador da Bolsa de Nova York, encerrou em queda de 1,61%, a 10.611 pontos. O Standard & Poor´s 500 caiu 1,45%, a 1.184 pontos. O índice do setor de tecnologia Nasdaq Composto recuou 1,37%, para 2.030 pontos.
Os preços do petróleo, nos níveis mais altos em 15 semanas, foram impulsionados pela última onda de frio na Europa e nos EUA. Para piorar, no meio da sessão das bolsas americanas, o dólar atingiu a cotação mais baixa diante do euro desde agosto, por conta das preocupações com a diversificação dos ativos dos bancos centrais, que estariam evitando o dólar.
O dia também foi de quedas nas bolsas da Europa, onde principalmente as ações das companhias aéreas, afetadas pela alta dos preços do petróleo, puxaram os pregões para baixo. As ações da British Airways, por exemplo, caíram 1,2% ontem.
Entre as maiores perdas da terça-feira também estiveram as siderúrgicas Corus e Arcelor, cujas ações caíram cerca de 3% após a Nippon Steel fechar com a Companhia Vale do Rio Doce aumento de 71,5% no preço do minério de ferro a partir de 1º de abril.
A queda brusca do dólar em relação ao euro afetou as exportadoras, como a EADS, fabricante dos aviões Airbus, cujas ações perderam 4,6%, e a Volkswagen, com queda de 1,1%.
Do lado positivo, as ações da Alcatel subiram 2,7%, após fechar negociações com a americana Microsoft para desenvolver serviços de internet pela TV.
O FTSE-100, da Bolsa de Londres, recuou 0,55%, a 5.032 pontos. Em Frankfurt, o DAX caiu 0,69%, a 4.323 pontos. O CAC-40, de Paris, desceu 0,5%, a 4.002 pontos.



Fonte: Valor Econômico/ag.
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar