acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Petróleo cai US$ 1,15 em Londres

11/04/2005 | 00h00

O preço do petróleo fechou em queda na sexta-feira, dando sequência à queda do dia anterior, com a redução dos temores sobre oferta de gasolina durante o verão no Hemisfério Norte.
Na Nymex, em Nova York, os contratos com entrega em maio encerraram em queda de 79 centavos de dólar, a US$ 53,32 por barril. Em Londres, os contratos do petróleo tipo Brent também para maio, que expiram esta semana, caíram US$ 1,15, para US$ 52,89 por barril. O Brent serve de referência para os custos da Petrobras.
"Com uma sólida tendência de alta dos estoques, a alta produção da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) e a demanda sazonal perto de recuar, a queda foi favorecida pelos fundamentos de médio prazo", disse Tim Evans, analista do IFR Energy Service.
O declínio da semana passada ganhou força após o governo americano informar que os estoques de petróleo estão no nível mais alto em quase três anos. O suprimento de gasolina nos EUA também está se formando em ritmo sólido na comparação anual.
Na sexta-feira, Nout Wellink, membro do conselho do Banco Central Europeu (BCE) disse que a alta persistente dos preços do petróleo está freando o crescimento europeu, sugerindo que o banco não se apressará em elevar sua taxa básica de juros, atualmente no mais baixo nível em seis décadas.
"Os altos preços do petróleo prejudicaram o crescimento este ano", disse Wellink, que também é presidente do Banco Central holandês. "Os preços do petróleo estão altos por um período de tempo maior do que o previsto."
Os investidores reduziram suas apostas de que o banco elevará sua taxa básica este ano após o presidente da instituição, Jean-Claude Trichet, ter dito, na quinta-feira, que ainda não há evidências de que o crescimento está iniciando uma retomada.



Fonte: Valor Econômico/ag.
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar