acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Mercado

Petróleo cai nos futuros de Londres e Nova York

27/10/2006 | 00h00

Realização de lucros e perdas do gás e óleo pesam sobre mercado

Os futuros de petróleo caíram nesta quinta-feira em Londres e Nova York, atingidos pela acentuada baixa dos preços dos futuros de gás natural e óleo para aquecimento e também pela ação de alguns traders buscando realizar os acentuados ganhos da sessão anterior, segundo analistas.

"Nós corrigimos depois dos ganhos de ontem e os produtos (óleo para aquecimento e gasolina) estavam caindo", disse Tom Bentz, trader do BNP Paribas em Nova York. Ele disse que não havia qualquer notícia importante orientando os preços para baixo e que o movimento do dinheiro dos contratos de primeiro mês de vencimento para meses posteriores estava, em parte, por trás da queda dos futuros de produtos.

Em Nova York, os contratos de óleo para aquecimento para novembro caíram 390 pontos (2,24%) e fecharam a US$ 1,7000 por galão, enquanto os contratos de gás natural para novembro recuaram 2,55% para US$ 7,497 por milhão de unidades térmicas britânicas (Btu). "O gás natural nos puxou para cima nos últimos dois dias" e sua queda nesta quinta-feira pesou sobre os preços do petróleo bruto", disse Peter Donovam, vice-presidente da Vantage Trading em Nova York.

Na Nymex, os contratos de petróleo para dezembro fecharam a US$ 60,36 o barril, queda de US$ 1,04 (1,69%). A mínima foi de US$ 60,15 e a máxima de US$ 61,70. Em Londres, no sistema eletrônico da ICE Futures, os contratos de petróleo Brent para dezembro fecharam a US$ 60,77 o barril, queda de US$ 1,28 (2,06%). A mínima foi de US$ 60,47 e a máxima de US$ 62,35.

Kuwait reduz produção. O Kuwait decidiu reduzir sua produção de petróleo em 100.000 barris diários, em conformidade com a recente decisão da Opep de diminuir sua produção total em 1,2 milhão de barris diários, anunciou nesta quinta-feira a agência oficial Kuna.

O Kuwait produz 2,6 milhões de barris diários (mbd), com uma cota dentro da Opep de 2,247 mbd. O país possui 10% das reservas de petróleo no mundo.



Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar