acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preços

Petróleo amplia ganhos recentes, ainda favorecido por riscos geopolíticos

10/04/2017 | 09h48

Os futuros de petróleo operam em alta nesta manhã, ampliando ganhos de cerca de 0,6% a 1% da sessão anterior, ainda beneficiados por recentes fatores geopolíticos.

Às 7h22 (de Brasília), o petróleo tipo Brent para junho subia 0,76% na IntercontinentalExchange (ICE), a US$ 55,66 por barril, enquanto o WTI para maio avançava 0,63% na New York Mercantile Exchange (Nymex), a US$ 52,57 por barril.

O petróleo, que já vinha em tendência de alta em meio à avaliação de que o excesso de oferta atingiu o ápice e que os estoques da commodity estão diminuindo, ganhou novo impulso após os EUA lançarem um bombardeiro contra alvos na Síria, na última quinta-feira.

Embora a Síria não seja um produtor relevante, as tensões no país podem se espalhar para outras partes do Oriente Médio, que responde por quase 40% da produção mundial de petróleo.

Já no fim de semana, os EUA anunciaram que estão enviando um porta-aviões em direção à Península Coreana, na esteira dos recentes testes com mísseis realizados pela Coreia do Norte.

Na semana passada, o petróleo acumulou valorização de cerca de 3%, parte dela atribuída à ofensiva dos EUA na Síria, que foi em retaliação a um ataque químico doméstico supostamente lançado pelo regime sírio dias antes.

Investidores também acompanham os esforços da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e da Rússia para reduzir a oferta em cerca de 1,8 milhão de barris por dia ao longo do primeiro semestre, como foi acertado no ano passado. No fim de maio, a Opep vai avaliar se manterá cortes na produção além de junho.

 



Fonte: Dow Jones Newswire, 10/04/2017
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar