acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
América do Sul

Petroecuador e Petrobras firman aliança estratégica

10/07/2006 | 00h00

As respectivas petroleiras estatalis do Equador e Brasil, Petroecuador e Petrobras, assinaram um acordo de aliança estratégica a cinco anos para elaborar iniciativas em toda a cadeia de hidrocarbonetos para esta última, informou o Ministério de Energia equatoriano em um comunicado.

Ambas empresas estão muito interessadas no armazenamento, refino e desenvolvimento de biocombustíveis e em exploração e produção, disse à BNamericas uma fonte da Petroecuador.

A Petrobras se interessa, particularmente, em exploração e produção dos campos petrolíferos ITT (Ishipingo-Tambochocha - Tiputini) no norte do Equador, assim como nos blocos do sul-oriente, indicou um funcionário.

O presidente do Equador, Alfredo Palacio, decidirá se as obras de exploração e produção serão realizadas com a Petrobras no marco da aliança estratégico ou por meio de uma licitação internacional, destacou a fonte. A Petroecuador estaria pronta para licitar os blocos sul-orientais no próximo ano.

O bloco ITT possui 900 milhões de barris de reservas provadas que foram certificadas pelo Instituto Francês de Petróleo (IFP). O investimento para o projeto se calcula em pelo menos US$ 2 bilhões.

Petrobras e Petroecuador formarão um comitê executivo nos próximos dias que identificará projetos e submeterá a juízo dos presidentes das duas companhias.

A petroleira brasileira anunciou recentemente um enorme aumento em seu pressuposto de investimento para o período entre para janeiro de 2007 e dezembro de 2011, e aponta a dirigir US$ 12 bilhões a operações internacionais no período.

Do total, a Petrobras investirá US$ 500 milhões no Ecuador durante o quinqüênio, disse uma fonte, citando o diretor internacional da Petrobrás, Néstor Cuñat Cerverò.

O acordo de aliança estratégica subscrito entre Petrobras e Petroequador se renovará automaticamente por períodos de cinco anos.



Fonte: BNamericas
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar