acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

PetroChina compra ativos de gás de xisto da Shell

03/02/2012 | 10h45
A petroleira estatal chinesa PetroChina assinou ontem (2) um acordo para comprar uma participação de 20% nos ativos de gás de xisto da Royal Dutch Shell no Canadá. O valor da transação não foi revelado. Segundo o site de notícias financeiras FinanceAsia, essa aquisição pode ter custado pouco mais de US$ 1 bilhão.

Sob os termos do acordo, a PetroChina terá uma participação nos terrenos e ativos da Shell em Groundbirch, no nordeste da província de Colúmbia Britânica. A PetroChina afirmou que espera ganhar experiência na exploração e desenvolvimento de fontes de gás não convencionais por meio de sua cooperação com a Shell. "A PetroChina e a Shell planejam avançar com a troca de tecnologia no desenvolvimento de fontes de gás não convencionais. Além disso, a PetroChina espera alcançar retornos razoáveis com esse investimento", disse a estatal chinesa. Atualmente a produção de gás em Groundbirch é de 125 milhões de pés cúbicos por dia.

Além da PetroChina, outras estatais chinesas têm investido pesadamente no setor de petróleo e gás no Canadá nos últimos dois anos. A própria PetroChina já tinha comprado, no mês passado, uma fatia de 40% no projeto de areais betuminosas da MacKay River no norte da província de Alberta, por US$ 666 milhões. Com isso, a companhia agora detém 100% do projeto. Nos próximos dias o primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, viaja para a China. No fim do ano passado, ele afirmou que o Canadá está muito focado nos esforços para vender petróleo e gás para países asiáticos.


Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar