acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Desinvestimento

Petrobras vende participação na Gasmig por R$ 600 milhões

21/07/2014 | 09h40

 

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou a venda de sua participação acionária de 40% na Gasmig para a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) por R$ 600 milhões.
A Gasmig, concessionária exclusiva de distribuição de gás natural canalizado no estado de Minas Gerais, é responsável pela distribuição de um volume de 4,1 milhões de m³/dia de gás natural, através de uma rede de mais de 850 km de gasodutos.
A conclusão da transação está sujeita a determinadas condições precedentes usuais, incluindo a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e a anuência do poder concedente estadual.
Segundo a companhia, esta operação é parte da reestruturação de portfólio na área de Gás e Energia, no âmbito do Plano de Negócios e Gestão 2014-2018.
Negócios
O Plano de Negócios da Gasmig contempla, além da expansão natural da rede atual de distribuição, com ênfase no segmento residencial e comercial, a construção de um gasoduto de distribuição de cerca de 500 km até Uberaba, visando ao atendimento à demanda do mercado do Triângulo Mineiro e da região Centro-Oeste de Minas Gerais e ao suprimento de 1,25 milhão m³/dia para a futura planta de fertilizantes da Petrobras naquele município, conforme Termo de Compromisso firmado entre a Petrobras e Gasmig com interveniência da Cemig em 03/05/2014 e Contrato de Serviço de Distribuição de Gás negociado.
A Petrobras é a fornecedora do gás natural comercializado pela Gasmig, por meio de contratos de longo prazo. Esta transação não terá impacto sobre esses contratos.
A Cemig, atual controladora da Gasmig com 59,57 % das ações, é uma empresa integrada de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica como também de distribuição de gás natural e prestação de serviços de telecomunicações, entre outros negócios.

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou a venda de sua participação acionária de 40% na Gasmig para a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) por R$ 600 milhões.

A Gasmig, concessionária exclusiva de distribuição de gás natural canalizado no estado de Minas Gerais, é responsável pela distribuição de um volume de 4,1 milhões de m³/dia de gás natural, através de uma rede de mais de 850 km de gasodutos.

A conclusão da transação está sujeita a determinadas condições precedentes usuais, incluindo a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e a anuência do poder concedente estadual.

Segundo a companhia, esta operação é parte da reestruturação de portfólio na área de Gás e Energia, no âmbito do Plano de Negócios e Gestão 2014-2018.


Negócios

O Plano de Negócios da Gasmig contempla, além da expansão natural da rede atual de distribuição, com ênfase no segmento residencial e comercial, a construção de um gasoduto de distribuição de cerca de 500 km até Uberaba, visando ao atendimento à demanda do mercado do Triângulo Mineiro e da região Centro-Oeste de Minas Gerais e ao suprimento de 1,25 milhão m³/dia para a futura planta de fertilizantes da Petrobras naquele município, conforme Termo de Compromisso firmado entre a Petrobras e Gasmig com interveniência da Cemig em 03/05/2014 e Contrato de Serviço de Distribuição de Gás negociado.

A Petrobras é a fornecedora do gás natural comercializado pela Gasmig, por meio de contratos de longo prazo. Esta transação não terá impacto sobre esses contratos.

A Cemig, atual controladora da Gasmig com 59,57 % das ações, é uma empresa integrada de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica como também de distribuição de gás natural e prestação de serviços de telecomunicações, entre outros negócios.

 



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar