acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energias alternativas

Petrobras vai instalar usina de biodiesel no Ceará

05/05/2005 | 00h00

A Petrobras vai instalar no Ceará uma planta industrial de biodiesel com capacidade para produzir cerca de 30 mil toneladas de óleo processado por ano. A informação é do gerente de Energia Renovável da Petrobras, José Carlos Miragaya ao comentar o protocolo de intenções assinado entre a empresa e o Governo do Estado.
Ele não informou o volume do investimento, detalhes que serão definidos pelo estudo de capacidade técnico-industrial. Adiantou, no entanto, que a Petrobras deve implantar o projeto no município de Quixadá. Miragaya participou ontem de manhã do painel "Investimentos em Energias Alternativas Renováveis no Brasil", no Power Future 2005, que acontece no Centro de Convenções. Segundo Miragaya, a Petrobras pretende buscar novos parceiros para projetos de energia eólica, de biodiesel, de biogás e de pequenas centrais hidrelétricas. "O Nordeste tem grandes possibilidades de ganhar alguns projetos alternativos. É o caso do Rio Grande do Norte, onde a Petrobras implantará um protótipo de biodiesel, em Guamaré e, um projeto piloto de energia eólica, em Macal", destacou.
Em Guamaré, a Petrobras desenvolverá duas plantas protótipo de biodiesel, com investimentos previstos da ordem de R$ 19 milhões. Miragaya disse que uma etapa do projeto está previsto para o próximo mês de junho e outra só no final do ano. Já o projeto piloto de energia eólica de Macal vai gerar 1,8 Megawatts a partir de três aerogeradores de 600 quilowatts cada.
A Petrobras também estuda a possibilidade de implantar projetos de biogás, a partir do gás do lixo. A empresa estuda diversos aterros sanitários em parceria com prefeituras das capitais para escolher aqueles que se adaptam a produção de biogás. Miragaya não revelou as capitais, já que as negociações com as prefeituras estão no começo. FINANCIAMENTO - A International Finance Corporation., braço de investimentos do Banco Mundial para países considerados emergentes, está aberta a promover o desenvolvimento sustentável do Brasil via projetos de energia eólica, somente para o setor privado, através de investimentos. Quem garante é Gabriel Goldschmidt, um dos palestrantes da tarde de ontem do Fórum Exposição de Energias Alternativas no Brasil, que termina hoje, no Centro de Convenções Edson Queiroz.



Fonte: Diário do Nordeste
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar