acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Petrobras terá marca própria para o Arla 32

18/10/2011 | 10h32
A Petrobras, por meio da BR Distribuidora, terá sua marca própria do agente redutor Arla 32, insumo que será imprescindível para a implementação dos motores SCR com as novas normas de emissões de poluentes Euro 5 e Proconve P7. O produto, uma solução de ureia técnica altamente pura que ajudará os motores a reduzir a emissão de CO2 e material particulado, será comercializado pela empresa sob a marca FLUA a partir do ano que vem.

Segundo Alex Messias, gerente da empresa, a demanda do agente será de 3% a 5% do volume de diesel e já existem planos de produção para ele. O envase do produto já está sendo realizado neste ano na planta da Petrobras em Camaçari (BA) e as unidades de Santos (SP), Belém (PA), Paraná e Rio de Janeiro estão realizando a importação do Arla 32 embalado.

A partir do ano que vem, o envase e a diluição do FLUA serão realizados em Paulínia (SP), Sergipe e Paraná. O produto será oferecido ao mercado em bombonas de 18 litros, tambores de 200 litros, contentores de mil litros e, futuramente, a granel, para grandes frotistas.

O Arla 32 tem prazo de validade de 6 meses e é altamente suscetível à contaminação. A Petrobras informa que o produto é inócuo e não prejudicial à saúde, mas alguns cuidados precisam ser tomados durante seu manuseio e abastecimento. “Para não haver confusão na hora do abastecimento, os bicos terão dimensões diferentes e, dependendo do fabricante do veículo, os tanques de diesel e de Arla 32 serão posicionados em lados opostos”, disse Messias.


Diesel S50

A BR Distribuidora informou que está colocando em prática o plano de abastecimento nacional do diesel S50, com 50 partes de enxofre, essencial para os novos motores Euro 5. De acordo com a empresa, o cronograma prevê que, a partir de janeiro de 2012, a distribuição será feita em todo o território nacional, com a presença do produto em um posto a cada 100 quilômetros.

Para atender à demanda do mercado, a Petrobras iniciou, no ano passado, um plano de investimentos de US$ 73,6 bilhões, até 2014, destinados ao aumento da produção, modernização de processos, otimização e manutenção da capacidade de refino e investimentos em logística.

A partir de 2012, a empresa terá oferta do diesel S50 nas unidades de Belém (PA), Fortaleza (CE), Betim (MG), Duque de Caxias (RJ), Paulína (SP), Barueri (SP), São José dos Campos (SP), Araucária (PR), e Canoas (RS).


Fonte: Portal Transporta Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar