acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preços

Petrobras reajusta gasolina e diesel

14/06/2004 | 00h00
Em dia marcado pela especulação com os papéis da Petrobras na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o presidente da empresa, José Eduardo Dutra, anunciou reajuste de 10,8% da gasolina e de 10,6% do óleo diesel nas refinarias. A partir da zero hora desta terça-feira, a Petrobras voltará a comercializar os derivados pelos preços vigentes até 29 de abril de 2003, quando foi anunciada uma redução de 6,5% do valor cobrado pela gasolina às distribuidoras.
Na avaliação de Dutra, "levando-se em conta apenas o alinhamento dos preços aos valores do petróleo no mercado internacional", o reajuste nas bombas para o consumidor final deverá se limitar a 4,5% para a gasolina e 6,4% para o diesel. Já incluídos os valores da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) e as alíquotas da PIS/Cofins, que incidem na venda do produto para os postos de revenda, os reajustes chegam a 6,1% para a gasolina e 8,2% para o diesel.
O reajuste, de acordo com o executivo, foi decidido a partir da constatação dos técnicos da empresa de que os preços internacionais do petróleo deverão permanecer, a partir de agora, em um patamar em torno de US$ 35 e US$ 37 o barril. O presidente da Petrobras fez questão de esclarecer, ainda, de que a decisão de aumentar os derivados não ocorreu por influência da equipe econômica ou do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Segundo ele, com os novos preços no mercado externo, se a empresa não reajustasse os valores, certamente teria sua estrutura financeira comprometida.
O preço da gasolina não sofria aumento desde dezembro de 2002, quando foi majorado em 12,8%. Antes de anunciar oficialmente os novos preços, Dutra comunicou a decisão para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Só que, ao contrário de abril de 2003, quando foi pessoalmente ao Palácio do Planalto anunciar a queda dos preços, dessa vez o comunicado foi feito por telefone.
A notícia de que a Petrobras iria reajustar os preços da gasolina e do diesel vazou para o mercado financeiro antes de ser comunicada oficialmente ao mercado por José Eduardo Dutra. Ontem, no dia em que a Bovespa fechou em baixa de 1,75%, as ações da Petrobras foram as únicas a encerrar o pregão em alta. As preferenciais (PN, com preferência na distribuição de dividendos) subiram 0,27%, enquanto as ordinárias (ONs, com direito a voto), encerraram em alta de 0,75%.
Hoje, no mercado de Nova York, o barril do WTI fechou cotado a US$ 37,59, uma queda de 2,24% em relação a sexta-feira.

Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar