acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Refino

Petrobras prevê fazer refinaria premium de 500 mil barris diários

26/07/2006 | 00h00

O diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, afirmou nesta quarta-feira, dia 26, que a estatal pretende construir no Brasil uma refinaria com capacidade para 500 mil barris diários de petróleo até 2014. Recém-chegado da Índia, onde foi conhecer uma unidade capaz de processar 650 mil barris diários, Costa informou que a unidade brasileira será voltada para o refino de produtos de alta qualidade. Parte da produção poderá ser exportada.

"Olhando a perspectiva de produção no Brasil e também o crescimento da demanda de mercado, já há necessidade de se projetar uma nova refinaria, que estamos chamando de refinaria Premium", informou Costa, em palestra no clube de Engenharia, no Rio de Janeiro.

A planta já integra o novo Plano de Negócios da empresa que faz projeções até 2015, segundo Costa, que prevê o início da construção por volta de 2010. No Plano da empresa, a expectativa do crescimento do consumo de derivados é de 3,1 por cento ao ano no Brasil, para um Produto Interno Bruto de 4 por cento. O diretor disse que o foco será a produção de gasolina e diesel, "de muita boa qualidade para atender o mercado interno e com possibilidade de exportação", completou.

Costa afirmou que possivelmente o empreendimento será feito sem parceiros e consistirá na maior refinaria da estatal, superando a Replan, em Campinas, que processa 360 mil barris diários de petróleo.

No mundo, a maior refinaria está na Venezuela, que é parceira da Petrobras em uma refinaria que será construída em Pernambuco, com capacidade para 200 mil barris diários, ao custo de 2,5 bilhões de dólares, sendo metade da estatal brasileira, e que deverá começar a produzir em 2011.
Na primeira quinzena de agosto, Costa irá à Recife apresentar o cronograma de construção.
Faremos um grande evento para atualizar os dados da planta, do projeto, da licença ambiental", antecipou.

Costa explicou que a prioridade da Petrobras é conseguir refinar no Brasil o maior volume possível de petróleo, e como a produção vai aumentar muito, "sempre haverá um delta de petróleo extra, e vai ser mais interessante para a companhia vender derivados do que petróleo", afirmou, referindo-se ao maior valor agregado dos produtos refinados.

Atualmente, a empresa processa 82 por cento do óleo produzido no país e a meta é atingir 90 por cento até 2010, disse Costa.



Fonte: Agência Reuters (De
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar