acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Refino

Petrobras pretende construir nova refinaria

27/07/2006 | 00h00

O diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, anunciou nesta quarta-feira (26/07) que a Petrobras pretende construir uma nova refinaria no Brasil com capacidade para processar 500 mil barris de petróleo por dia. A unidade, que entraria em operação em 2014, será destinada a produção gasolina e diesel com menor teor de enxofre de acordo com as exigências internacionais. Segundo Costa, os derivados atenderiam o mercado interno, mas teriam possibilidade de serem exportados.

A informação foi divulgada durante uma palestra para membros da Associação de Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro, realizada no Clube de Engenharia, na qual o diretor detalhou o investimento previsto pela área de Abastecimento para o estado do Rio de Janeiro.

O diretor afirma que a necessidade de uma nova refinaria surge em função do aumento da produção interna de petróleo e pela demanda crescente de derivados no Brasil. Além deste novo empreendimento, a Petrobras tem outros dois projetos de refinarias adaptadas ao processamento de petróleo pesado: a refinaria petroquímica do Rio, que faz parte do Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj) e a refinaria Abreu de Lima, em Pernambuco, em sociedade com a petroleira venezuelana (PDVSA).

Quanto a invetimentos no Rio, Costa informa que dos US$ 23 bilhões disponíveis para investir na área de Abastecimento entre 2007 e 2011, o estado do Rio vai receber US$ 3,7 bilhões. O Abastecimento da Petrobras comprende setores de refino, transportes e petroquímica.

De acordo com o diretor, o valor será investido em obras de infra-estrutura na Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), na implantação do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) e na contratação de 13 navios: sendo 5 Aframax, com capacidade de carga de 700 mil barris, 4 Panamax para 550 mil barris e 4 navios de produtos.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar