acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Rio Oil&Gas

Petrobras negocia contratos firmes de etanol

12/09/2006 | 00h00

O objetivo da companhia é garantir segurança de oferta para a exportação de etanol, informou o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa. A Petrobras tem a meta de exportar 3,5 milhões de m³ de etanol em 2011.

A Petrobras negocia contratos firmes de compra de álcool em novos projetos de produção do agroenergético. O objetivo da companhia é garantir segurança de oferta para a exportação de etanol, informou o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, durante a Rio Oil&Gas. "Não pode haver hipótese de um comprador contratar um determinado volume de álcool e este volume não estar disponível na hora da entrega", destaca.

Entre as metas da Petrobras para o desenvolvimento de energias renováveis está a exportação de 3,5 milhões de m³ de etanol em 2011, o que demandará investimentos em infra-estrutura logística de alcoodutos e terminais de escoamento. "Mas não vamos investir em um duto se não há um vendedor e não há um comprador seguros", argumenta Costa, que informa que assim como a Petrobras mantém um escritório de negócios no Japão que poderá ser um comprador seguro para o agroenergético, também negocia a entrada de novos produtores para atender esse mercado.

Costa adverte, no entanto, que a companhia não tem interesse de ser monopolista no setor, não pretende entrar na fase de produção, no plantio da cana-de-açúcar, mas admite participar na fase logística e como trader (negociador de comércio exterior).

O diretor da Petrobras, observa, inclusive que o mercado de alcool no mundo tende a crescer muito mais do que o Brasil possa atender.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar