acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Termoelétrica

Petrobras negocia aquisição da usina termoelétrica Eletrobolt

16/08/2004 | 00h00

A Petrobras pagará US$ 159 milhões em 30 parcelas e mais US$ 30 milhões no final de sete anos para obter a propriedade integral da Usina Eletrobolt, em Seropédica, no Estado do Rio. A usina pertencente à norte-americana Enron, tem capacidade de 388 MW e é uma das três merchant, com as quais a Petrobras firmou contrato de pagamento de contingências de impostos, taxas, tarifas, custos de operação e manutenção, no caso da usina não obter receita suficiente para cobrir estes intens. As outras duas "merchants" são a Macaé Merchant (El Paso) e a TermoCeara (MPX).
A Petrobras será isentada dos remanescentes pagamentos contingenciais atualmente decorrentes do Contrato de Consórcio, que será extinto, e usufruirá de qualquer benefício advindo da operação da Usina a partir da assinatura da documentação definitiva.
Em nota, a Petrobras comunica que o Conselho de Administração aprovou as condições financeiras, em princípio acordadas com um consórcio de 17 bancos comerciais, necessárias à transferência definitiva de propriedade da usina. As partes iniciarão agora a elaboração dos documentos jurídicos necessários para o fechamento definitivo da operação, previsto para 1º de novembro de 2004. Os termos finais do acordo deverão ser submetidos à aprovação do Conselho de Administração da Petrobras e dos Bancos.
A conclusão dessas negociações faz parte da estratégia da Companhia para o setor energia que prevê o aumento de sua capacidade de geração térmica somente através da conclusão de projetos já em andamento ou por aquisição que signifique redução de pagamentos contingências.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar