acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Petrobras nega plano de pedir nova redução da Cide sobre gasolina

25/10/2011 | 14h35
O diretor de abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, negou que a companhia esteja planejando solicitar ao governo uma nova redução da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre a gasolina para compensar o caixa da companhia.

Com a baixa oferta de etanol e a alta demanda por gasolina, a Petrobras vem acumulando perdas - já que o preço da gasolina vendida para as refinarias está fixado em R$ 1,05 desde 2009, para evitar a alta para o consumidor final.

“Neste momento, a Petrobras não tem nenhum estudo para por na mão do governo neste sentido”, garantiu Costa. Segundo ele, a Petrobras olha a questão de preços a longo prazo, já que o custo do petróleo passa por um momento de muita volatilidade.

Costa afirmou que a importação de gasolina em 2011 deve chegar a uma média de 32 mil barris por dia. Ano passado, foi de apenas 9 mil barris. “Já estamos com as cargas compradas. Estamos fechando a conta [do ano].”

Além disso, Costa disse que as refinarias aumentaram a produção em média em 42 mil barris de gasolina por dia até agora e cerca de 40 mil barris de diesel ao dia.

O diretor da Petrobras prevê que o segmento de etanol deverá passar por um aumento de produção, mas preferiu não dar uma previsão de quando.


Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar